Colheita de milho acelera no CO; vendas de soja avançam
CI
Agronegócio

Colheita de milho acelera no CO; vendas de soja avançam

Colheita de milho já foi concluída em 26,4 % do país
Por:
A colheita do milho segunda safra acelerou na última semana no Brasil, em especial na região Centro-Oeste, segundo levantamento divulgado nessa segunda-feira (16) pela consultoria Céleres, que apontou também que as vendas de soja estão adiantadas, com produtores aproveitando os bons preços.


Os trabalhos de colheita de milho já foram concluídos em 26,4 por cento da área cultivada no país, um avanço de 9,4 pontos percentuais frente a pesquisa de uma semana atrás.

Na comparação com o mesmo momento da safra passada, há um avanço de 5,8 pontos percentuais.

O Estado mais adiantado é Mato Grosso, com cerca de 46 por cento das lavouras colhidas. Goiás, com 22 por cento, é o segundo mais avançado nos trabalhos de campo.

"No Paraná, os trabalhos seguem lentos devido ao frio e às chuvas que ocorreram durante a última semana", disse a Céleres em nota.

Naquele Estado, 15 por cento da área já foi colhida, com evolução de 3,4 pontos percentuais em uma semana.

RETENÇÃO

A Céleres projeta que a retenção do milho passou a ser uma estratégia viável em julho, com as perspectivas de lucros futuros superando os custos de carregamento e manutenção dos grãos em estoques.

"A grande valorização dos preços do milho no cenário internacional, sustentados principalmente por causa do péssimo desenvolvimento das lavouras de milho nos Estados Unidos, ofereceu grande margem para a valorização dos preços do milho no segundo semestre de 2012 no Brasil", disse a Céleres.


A análise foi feita com base nos custos no norte do Paraná.

"Com os novos números, a armazenagem da safra de inverno para possível venda futura começou a se mostrar interessante. Porém, fatores como a safra de milho nos Estados Unidos e a evolução das exportações no Brasil devem ser observados bem de perto para possíveis manutenções na estratégia", concluiu a consultoria.


SOJA

Apesar da haver pouca soja remanescente da última colheita para ser vendida, a avaliação da Céleres é que "o cenário, para quem reteve a oleaginosa, ficou muito acima da melhor das expectativas".

Segundo a consultoria, 96 por cento da safra velha já foi vendida, ante 76 por cento de vendas da colheita anterior na mesma época do ano passado.

No caso da nova temporada (2012/13), 37 por cento da safra a ser semeada já possui algum compromisso de antecipação de venda, avanço de dois pontos percentuais ante a semana anterior --não havia dados disponíveis das vendas antecipadas nesta época no ano passado, o que evidencia como os negócios estão adiantados.


"O ritmo de comercialização seguiu adiantado visto a alta nos preços, tanto para a safra velha quanto para a safra nova", afirmou a consultoria.

Na semana passada, o primeiro contrato da soja negociada em Chicago registrou um recorde histórico com notícias da seca na área produtora dos EUA, o que tem se refletido no mercado interno. 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink