Colheita de soja dos EUA atinge 38%
CI
Imagem: Pixabay
MUNDO

Colheita de soja dos EUA atinge 38%

“Com relação à soma das condições boa e excelente das lavouras de soja dos EUA continua em 64%"
Por: -Leonardo Gottems

O relatório semanal de acompanhamento das lavouras, divulgado excepcionalmente pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) nesta terça-feira devido ao feriado federal de ontem, registrou que a colheita da soja já atingiu 38%, contra 12% na mesma época do ano passado e 28% da média dos últimos 5 anos. A informação foi trazida pela TF Agroeconômica. 

“Com relação à soma das condições boa e excelente das lavouras de soja dos EUA continua em 64%, embora tenha havido uma pequena alteração nos percentuais internos: a condição excelente  passou de 13% para 14% e a boa de 51% para 50%, como mostra o quadro oficial abaixo, com detalhes sobre os estados. No ano passado esta soma estava em 53% na mesma época do ano”, completa”, comenta. 

No mercado internacional de subprodutos da soja, o óleo de soja fechou em alta na China e Índia, com baixa na Europa. “No porto chinês de Dallian a soja recuou para US$ 667,90 contra US$ 676,38 do dia anterior; o farelo de soja recuou para US$ 477,39, como os US$ 485,13 do dia anterior e o óleo de soja recuou para US$ 1.076,06 como os US$ 1.083,22 do dia anterior”, completa. 

“Em Rotterdam, o principal porto não-China de demanda de soja e subprodutos, o preço do primeiro mês cotado da soja-grão avançou para US$ 453,90/t contra os US$ 453,20/t do dia anterior; o pellets de soja recuou para US$ 470,00 contra os US$ 480,00 do dia anterior, afloat. 

Os preços dos óleos vegetais, para o primeiro mês, terminaram o dia cotados a: óleo de canola recuou para US$ 917,62/t contra US$ 928,12/t do dia anterior; o óleo de linhaça foi cotado em US$ 1.067,50/t contra os US$ 1.075,00/t do dia anterior;  o  óleo  de  soja recuou  para  US$  921,15/t  contra  $  934,03/t  do dia  anterior; o  óleo de  girassol recuou  US$  1020,00  contra  os  US$ 1.045,00 do dia anterior e o óleo de palma avançou para US$ 770,00 contra os US$ 757,50/t do dia anterior”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink