Trigo

Colheita do trigo avança no Rio Grande do Sul

Produtividade média está entre 2 mil e 2,4 mil quilos por hectare
Por:
40 acessos

De acordo com o Informativo Conjuntural divulgado pela Emater nesta quinta-feira, a cultura do trigo já tem 78% das lavouras colhidas no Rio Grande do Sul. Outras 20% estão em fase de maturação, e 2%, em enchimento de grãos. A produtividade média, até o momento, está entre 2.000 kg/ha e 2.400 kg/ha, dependendo da região. Em termos de qualidade, mantém-se a tendência apresentada desde o início da colheita, que vai de regular a ruim, situando-se, na sua grande maioria, no tipo 2 (abaixo de pH 78). 

"É grande o desânimo por parte dos produtores com a cultura, indicando grande redução na área a ser cultivada no próximo ano. O preço também não atende à expectativa. O mercado manifesta-se oscilante, com períodos sem precificação e retorno à compra do produto. Há também desinteresse de compra por parte dos moinhos, alegando baixa qualidade do produto colhido", comenta o diretor técnico da Emater, Lino Moura. Os preços vêm sendo praticados, em média, a R$ 29,83, variando entre R$ 28,00 e R$ 31,00 para a bolsa de 60 quilos. 

Para a cultura da soja, o cenário é diferente, as condições climáticas foram favoráveis ao plantio nesta semana, já que, nos últimos dias, a umidade se encontrava ideal para a realização desta prática, assim, o percentual atinge 18% do total estimado para 2018. "Este avanço deverá ter aumento significativo à medida que mais áreas se encontrarem aptas para a semeadura, com umidade adequada e as culturas de inverno já colhidas", ressalta Moura. 

As primeiras lavouras semeadas com a oleaginosa já apresentam boa emergência, com plantas viçosas, folhas largas e coloração verde intensa, denotando que estão sendo formadas com um bom nível de tecnologia. O preço teve reação de alta em função da subida do dólar e foi para R$ 63,12 a saca de 60 quilos. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink