Colheitadeira BC7800 e plataformas Série 500 são as soluções da Valtra para colheita do milho

Agronegócio

Colheitadeira BC7800 e plataformas Série 500 são as soluções da Valtra para colheita do milho

Produtos da marca atendem às mais variadas necessidades de uma das principais culturas do País, que deve manter crescimento pelo menos até 2020
Por:
934 acessos

O milho é um dos grãos mais consumidos no mundo e um dos mais cultivados no Brasil. O País é o terceiro maior produtor mundial do cereal, atrás apenas dos Estados Unidos e da China. De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra 2016/17 deverá ter crescimento de 15,6% em relação à anterior, o que resulta de 210,9 a 215,1 milhões de toneladas, um acréscimo considerável em comparação com as 186,1 milhões de 2015/16. Segundo o Ministério da Agricultura, a produção brasileira de milho deve manter o crescimento em consequência dos ganhos de produtividade. Enquanto a produção do cereal está projetada para crescer 2,67% anuais nos próximos anos, a área plantada deverá aumentar 0,73%.

Para um cultivo tão importante e em franca expansão, cuja safra se estende de dezembro a fevereiro, a Valtra, referência em soluções completas para a agricultura, oferece a colheitadeira BC7800 equipada com plataforma Série 500, desenvolvida especificamente para a colheita do milho. Com tecnologia embarcada, que permite ao produtor maior rentabilidade sem deixar de lado a simplicidade e a sustentabilidade, a BC7800, em conjunto com a plataforma de milho da Série 500, proporciona excelente qualidade de grãos e perdas mínimas na colheita, uma vez que a carenagem da plataforma possui design com ângulo suave de ascendência, o que favorece a colheita em condições adversas (o chamado “milho caído”). Soma-se a isso, ainda, a economia de combustível.

Saiba mais sobre os produtos Valtra voltados à colheita do milho:

BC7800

A BC7800 é a máquina de maior potência e tecnologia em sua categoria. Isto porque, em condições ideais de colheita e logística, colhe entre 450 e 550 sacas de soja por hora, com picos de 650 sacas. Esse equipamento vem com o moderno motor AGCO Power 98 ATI, de 7 cilindros turbo intercooler, com 410 cv de potência nominal a 2100rpm, potência reserva de 430 cv e potência máxima de 450 cv. O tanque de grãos tem capacidade de 12.334 litros e vazão de 150 lts/s (a maior do mercado), rotor axial de 3,56 m de comprimento e 800 mm de diâmetro.

Outro aspecto de destaque da BC7800 é que a colheitadeira consegue aliar economia ao alto desempenho. O sistema V-FLOW, que dispensa o uso da tela rotativa, foi especialmente desenvolvido para se livrar de palhas e resíduos. Isso previne obstruções, gasta menos energia e reduz manutenções diárias.

O projeto exclusivo do sistema de suporte dos côncavos, com desenho em "H", permite que qualquer um dos 12 côncavos possa ser facilmente trocado por uma única pessoa. Os diversos tipos podem ser combinados lado a lado ou da frente para trás para oferecer o melhor desempenho nos diversos tipos de cultura. Este novo sistema conta ainda com suspensão por molas, que oferece mais proteção à máquina contra sobrecargas momentâneas ou entradas de elementos estranhos, o que auxilia no descarte dos mesmos.

“As tecnologias utilizadas na BC7800 geram mais capacidade de processamento e menor consumo por tonelada colhida, o que aumenta a rentabilidade para o produtor rural”, afirma o coordenador de Marketing de Colheitadeiras da AGCO, Gilberto Dutra.

Plataformas para colheita de milho Série 500

Uma plataforma de milho projetada para oferecer desempenho inigualável na coleta das espigas, aumentando a produtividade das culturas. Esta é a Série 500, produto que tem maior facilidade de manutenção, além de qualidade e confiabilidade sem igual. Disponíveis em três versões (L, M e Hichopper), as plataformas da Série 500 estão preparadas para as mais variadas condições de colheita.

Os modelos L e M são ideais para as grandes safras. Disponíveis em 4 a 18 linhas, com espaçamentos de 45 a 90cm, os diferenciais destes modelos são as unidades de transmissão, nas quais a versão L dispõe de uma embreagem única para determinado número de linhas e, na M, a embreagem passa a ser usada como proteção individual, ou seja, montada em cada linha.

Com modelos de 7 a 12 linhas e espaçamento de 45 a 90 cm, a Série 500 Hichopper, além da embreagem de proteção individual, dispõe de uma roçadeira acoplada a cada unidade colhedora. O sistema é responsável por cortar os talos de milho e algumas impurezas restantes do processo, o que resulta em melhor acabamento de colheita, o que diminui consideravelmente o custo e permite um melhor aproveitamento de tempo de plantio dentro da janela agronômica.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink