Com poucas lavouras para serem colhidas, oferta da mandioca segue baixa

MANDIOCA

Com poucas lavouras para serem colhidas, oferta da mandioca segue baixa

Entre 28 de outubro e 1º de novembro, o preço médio nominal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia ficou em R$ 368,63
Por:
212 acessos

De acordo com levantamento do Cepea, com a baixa disponibilidade de lavouras de mais de dois ciclos para serem colhidas, a oferta de mandioca seguiu baixa. Além disso, não há interesse pela entrega de raízes mais novas, devido à pouca rentabilidade, cenário que se agravou em outubro, por causa da menor produtividade e pouco rendimento de amido.

Ao mesmo tempo, o interesse da indústria consultada pelo Cepea em elevar o ritmo de moagem aumentou, fazendo com que muitas adquirissem o produto em regiões mais distantes.

Entre 28 de outubro e 1º de novembro, o preço médio nominal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia ficou em R$ 368,63 (R$ 0,6411 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), alta de 2,3% frente à semana anterior.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink