Com queda de alimentos, IPC-Fipe desacelera alta a 0,15% em novembro

Agronegócio

Com queda de alimentos, IPC-Fipe desacelera alta a 0,15% em novembro

IPC-Fipe mede variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda entre 1 e 10 salários mínimos
Por:
1101 acessos

IPC-Fipe mede variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda entre 1 e 10 salários mínimos

Com queda mais forte nos preços dos alimentos, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo desacelerou a alta em novembro a 0,15 por cento, depois de subir 0,27 por cento em outubro, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta sexta-feira.

O dado ficou abaixo da expectativa de economistas em pesquisa da Reuters de alta de 0,22 por cento, segundo a mediana das projeções. BRFIPE=ECI

A maior pressão no mês foi exercida pelos preços das Despesas Pessoais, que, com alta de 0,79 por cento, responderam por 0,1077 ponto percentual do índice no mês.

Entretanto, os preços de Alimentação recuaram 0,92 por cento em novembro, depois da queda de 0,27 por cento em outubro, o que corresponde a um peso de -0,2256 ponto. O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink