Começa maior evento da pecuária do Mato Grosso
CI
Agronegócio

Começa maior evento da pecuária do Mato Grosso

Por:
A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) dá início ao maior evento itinerante da pecuária de corte do Estado, o “Acrimat em Ação”. Em sua terceira edição, o projeto vai percorrer 9,7 mil quilômetros em todas as regiões, visitando os principais municípios produtores de proteína vermelha e levando informações para os pecuaristas. Ao todo serão quatro rotas, sendo a primeira na região oeste, iniciada ontem, em Poconé. O final do “Acrimat em Ação” está marcado para o dia 27 de maio, em Cuiabá.


Este projeto foi criado para levar informações para os pecuaristas, ao mesmo tempo em que aproxima a associação dos produtores e possibilita a coleta de dados sobre as demandas de cada município e sua região. Ao final da expedição um documento é formulado a partir da análise dos questionários aplicados e dos debates promovidos durante os encontros.

Em 2013, quatro palestras serão realizadas. Os temas foram escolhidos a partir das demandas da atividade. São eles: O uso de medicamentos veterinários e seu impacto nos mercados de carne, produção de forrageiras (pastagem), produção de carnes no Brasil sob a ótica da cadeia frigorífica, temos um novo código florestal, e agora?


As temáticas, medicamentos, pastagem, mercado e legislação ambiental envolvem todos os produtores. De acordo com o superintendente da Acrimat, Luciano Vacari, os assuntos são abordados por pessoas especializadas para esclarecer as principais dúvidas, orientar os pecuaristas e atualizar sobre os assuntos em voga no setor. “Selecionamos os temas que estão mais presentes no dia-a-dia do pecuarista, mas que ainda causam dúvidas, questionamentos e são polêmicos. A partir das palestras eles podem debater e assim aplicar em suas propriedades as tecnologias existentes, atuar no mercado e agir de acordo com a nova legislação”.

Para o presidente da Acrimat, José João Bernardes, este é o principal evento promovido pela associação porque aproxima os pecuaristas da entidade e este sim, fortalecendo o associativismo e consequentemente a atividade. “Unidos podemos promover a pecuária para que esta seja uma atividade sustentável, tanto do ponto de vista ambiental, quanto econômico e social”.


O economista, Amado de Oliveira, participa pelo segundo ano do “Acrimat em Ação”. Como explica, só é possível agir em prol de uma categoria se conhecer de perto suas necessidades e carências. “Indo para perto dos pecuaristas, conhecendo suas demandas e ouvindo suas reivindicações podemos atuar para fortalecer e garantir a atividade e produção da carne em Mato Grosso”.

O “Acrimat em Ação 2013” vai visitar 30 municípios em quatro rotas, uma na região oeste, depois o nordeste e o sul mato-grossense, o noroeste e por fim a região norte do Estado. São esperados pelo menos três mil pecuaristas. Para Vacari, este número é representativo, uma vez que a informação tem efeito multiplicador. “Se cada um dos participantes compartilhar o conteúdo com pelo menos quatro companheiros são 12 mil pecuaristas atingidos por esta ação”. Se somar o rebanho das cidades visitadas, de acordo com dados do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) de 2012, serão 12,8 milhões de animais, isso desconsiderando o plantel dos municípios vizinhos. “Em cidades como Rondonópolis, por exemplo, não participam somente os produtores de lá, mas de toda a região sul, uma vez que esta é uma cidade polo”.


COMPROMISSO VERDE - Para neutralizar a emissão dos gases emitidos durante o percurso do “Acrimat em Ação” são doadas mudas para todos os municípios

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.