Comissão de café da FAEMG avalia estragos da chuva nos cafezais do sul do estado

Agronegócio

Comissão de café da FAEMG avalia estragos da chuva nos cafezais do sul do estado

Ainda é cedo para fazer previsões quanto à quantidade
Por:
1738 acessos

O encontro contou com a participação de lideranças, produtores e agrônomos da região, que apresentaram informações dos danos em diversas localidades. Segundo o diretor da FAEMG e presidente da Comissão de Cafeicultura da FAEMG e da Presidente da Comissão Nacional de Café da CNA, Breno Mesquita, a situação é preocupante: “A cafeicultura sul mineira passou por dois anos de seca e, em um ano em que se esperava uma ótima produção, tanto em volume quanto em qualidade, as chuvas fora de hora derrubaram entre 30 a 40% dos grãos, comprometendo fortemente a qualidade da safra”. Segundo ele, ainda é cedo para fazer previsões quanto à quantidade. 

A partir das informações coletadas na reunião, a FAEMG se comprometeu a aprofundar o levantamento junto a cooperativas e sindicatos rurais das regiões afetadas. Em sequência, a Federação buscará discutir, junto ao Governo Federal, medidas a serem aplicadas frente a essa nova realidade: “Entre as alternativas, algumas ações podem ser a discussão do passivo, a orientação a municípios afetados para que decretem estado de emergência e, principalmente, a instrução dos produtores a terem cautela na negociação de sua produção, calculando a valoração de sua safra”, explica Breno Mesquita.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink