Comissão de Orçamento aprova R$ 108,5 milhões para a reforma agrária

Agronegócio

Comissão de Orçamento aprova R$ 108,5 milhões para a reforma agrária

Outras emendas reservam recursos para a implantação de obras de infraestrutura hídrica no Nordeste, por exemplo
Por:
1577 acessos

Outras emendas reservam recursos para a implantação de obras de infraestrutura hídrica no Nordeste, por exemplo

A Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou, na quarta-feira (19), quatro emendas que aumentam despesas ao projeto da lei orçamentária para 2017 (PLN 18/16) no valor total de R$ 1 bilhão. Uma das emendas destina R$ 108,5 milhões ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) visando a aquisição de imóveis rurais para novos assentamentos da reforma agrária.

As outras reservam recursos para a implantação de obras de infraestrutura hídrica no Nordeste (R$ 200 milhões); saneamento básico em municípios com até 50 mil habitantes (R$ 200 milhões); e desenvolvimento urbano (R$ 500 milhões).

Crédito suplementar
A CMO aprovou ainda crédito suplementar (PLN 13/16) no valor de R$ 471,7 milhões em benefício de diversos órgãos do Executivo. A maior parte destes recursos vai para o Ministério dos Transportes, para a aplicação em obras rodoviárias, ferroviárias e em hidrovias.

Íntegra da proposta:


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink