Comissão sobre a Reserva Legal apresenta carta de resoluções a Yeda Crusius

Agronegócio

Comissão sobre a Reserva Legal apresenta carta de resoluções a Yeda Crusius

Coordenador da Frenteagro da AL-RS defende que Estado tenha posicionamento único contra decreto imposto pelo governo Federal que prejudica produtores rurais de todo o país
Por: -Janice
240 acessos

Foi entregue nessa terça-feira (23) à governadora Yeda Crusius, a Carta de Resoluções elaborada pela Comissão de Representação Externa da Assembléia Legislativa sobre a Reserva Legal durante seminário no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. O deputado Jerônimo Goergen (PP) propôs a elaboração de uma agenda prévia, com a posição de todos os movimentos que são realizados pelo RS em torno do tema.

“Queremos com isso definir um posicionamento único do estado para que possamos debater o assunto com o ministro do Meio Ambiente Carlos Minc na quinta, e com o presidente Lula na sexta-feira. Não podemos deixar margem para que não se tenha impressão de que não possuímos um posicionamento de convicção”, ressalta Goergen.

O secretário estadual do meio ambiente, Berfran Rosado, explicou que o Estado depende da agricultura para renda e desenvolvimento e que a produção gaúcha está em torno do setor: “Defendemos que o regramento do código ambiental fique a cargo dos estados e não da união”, defendeu Rosado.

A carta apresentada ao governo gaúcho traz sugestões como a suspensão da implementação da Reserva Legal nas propriedades rurais do Rio Grande do Sul e a revisão dos códigos florestais federal e estadual. A demarcação de reserva legal é uma área localizada em propriedades rurais, excetuada a de preservação permanente, necessária à conservação da biodiversidade. Como o RS é um Estado agrícola, que possui mais de 400 mil pequenas propriedades, a aplicação do decreto, na sua forma original, poderá inviabilizar a produção de agricultores familiares. As informações são da assessoria de imprensa do deputado Jerônimo Goergen.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink