Como o solo armazena CO2?
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,112 (0,05%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)

Imagem: Pixabay

ESTUDO

Como o solo armazena CO2?

"O carbono se liga a minerais"
Por: -Leonardo Gottems
679 acessos

Cientistas da Universidade Técnica de Munique, na Alemanha, descobriram como o carbono orgânico é armazenado no solo e concluíram que ele se liga apenas a certas estruturas do solo. Isso significa que a capacidade do solo de absorver CO2 precisa ser reavaliada e incorporada aos modelos climáticos atuais. 

Estudos anteriores estabeleceram que o carbono se liga a pequenas partículas minerais. Neste último estudo, publicado na  Nature Communications, os pesquisadores mostraram que a superfície dos minerais desempenha um papel tão importante quanto o seu tamanho. "O carbono se liga a minerais com alguns milésimos de milímetro e acumula-se quase exclusivamente em superfícies angulares e ásperas", explica a professora Ingrid Kögel-Knabner, presidente da universidade. 

Nesse cenário, presume-se que superfícies minerais ásperas proporcionem um habitat atraente para micróbios. Estes convertem carbono e desempenham um papel na sua ligação a minerais. "Descobrimos verdadeiros pontos quentes com uma alta proporção de carbono no solo", diz Cordula Vogel, principal autora do estudo. "Além disso, o novo carbono se junta a áreas que já possuem alto teor de carbono", completa. 

No entanto, esses pontos quentes de carbono são encontrados apenas em cerca de 20% das superfícies minerais. Anteriormente, assumiu-se que o carbono é distribuído uniformemente no solo. "Graças ao nosso estudo, agora podemos determinar o solo que é especialmente bom no seqüestro de CO2", continua Kögel-Knabner. "O próximo passo é incluir essas descobertas nos modelos de ciclo de carbono". 

O material de amostra usado pela equipe foi o loess, um solo agrícola fértil encontrado em todo o mundo, tornando-o um estoque de carbono muito importante. Os pesquisadores foram capazes de fazer medições ultra-precisas usando o espectrômetro de massa NanoSIMS. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink