Como obter produtividade de até 30%
CI
Agronegócio

Como obter produtividade de até 30%

Com utilização de tecnologia, é possível aumentar a produtividade nos confinamentos e reduzir a mortalidade das aves para 2% a 3%
Por:

Atualmente o foco do agronegócio está nos resultados: seja nas lavouras ou nas criações animais. E na avicultura não é diferente. Com utilização de tecnologia, é possível aumentar a produtividade entre 20% e 30% nos confinamentos e de quebra reduzir a mortalidade das aves para 2% a 3%, enquanto a média é de 5% a 6%. Outro fator que colabora para o resultado é o rígido controle da sanidade animal. As normas de ‘‘granja modelo’’ foram colocadas em prática pela Frango Agosto, indústria com sede em Arapongas (37 km a oeste de Londrina).

Os aviários foram montados com tecnologia propícia para aumentar o adensamento. Isso significa que a partir da tecnificação é possível colocar mais aves por metro quadrado e, conseqüentemente, produzir mais quilos de frango por metro quadrado. Nos aviários tecnificados o controle de alimentação e de água são automáticos. Também é feito o controle de temperatura com painéis climatizadores. Cada fase de crescimento da ave requer uma faixa de temperatura, que varia entre 20ºC e 32ºC.

O médico veterinário Fábio Araújo Martins, diretor de Fomento da Frango Agosto, variações bruscas de temperatura, principalmente, na primavera, derrubam a performanece do aviário. Sem um microclima adequado as aves podem morrer subitamente (de infarto). Com a tecnificação é possível adensar entre 15 e 16 frangos por metro quadrado contra 12 aves do sistema convencional.

O custo de implantação dos aviários é mais alto. A estrutura física tem orçamento 10% maior do que o convencional e ainda tem que ser feitos investimentos em equipamentos, com custo entre 25% e 30% do custo total da obra. A indústria investe também na biosseguridade e na sanidade das aves. Há controle na entrada dos núcleos de produção de veículos e pessoas.

Este procedimento é adotado porque a maior parte das patologias – transmitidas por bactérias e vírus – pode ser carregada pelo homem em sapatos e roupas, por exemplo. Árvores também são utilizadas como barreiras naturais. Nos aviários, as vacinações são feitas em massa por meio da água. As aves ainda são pesadas e necropsiadas por amostragem. No caso da necropsia, algumas aves são abatidas e examinadas como forma de análise da sanidade do plantel. Dentro do ciclo das aves – que é de 45 dias – estes procedimentos são repetidos entre três e cinco vezes, informa Martins.

A indústria é uma das poucas do Estado que exige pisos nos aviários porque possibilita a limpeza e a desinfecção do local após o fim do ciclo. O Frango Agosto trabalha de duas formas: núcleos próprios e integração. São cinco granjas com capacidade instalada para 1 milhão de aves, que respondem por cerca de 35% dos abates. No sistema integrado são cem produtores, que seguem as normas de sanidade e de manejo, a partir da assistência técnica. Criadores também passam por treinamentos e capacitação, ministrados pela empresa.

O frigorífico é de porte médio com capacidade para abate entre 50 mil e 60 mil cabeças por dia. ‘‘Como nosso foco é a qualidade, isso atrai os importadores. Hoje temos mais demanda de compra do que a nossa capacidade de produção’’, salienta o gerente de Fomento. As exportações são de cerca de 35% e 40% da produção. Há projetos para que até o final de 2010, a produção própria responda por 70% dos abates. A intenção é investir nos alojamentos instalados em mais propriedades e na construção de outro frigorífico. ‘‘Mas tudo vai depender do desenrolar da crise financeira. Esta instabilidade vai gerar um freio nos investimentos’’, comenta.

Preço

Mais da metade dos integrados já aderiu à tecnificação. E estes investimentos garantem uma melhor remuneração aos produtores, pagos por produtividade. Enquanto a média de preços paga pelas outras indústrias varia de R$ 0,28 a R$ 0,30 por cabeça, a remuneração oferecida pelo Frango Agosto varia de R$ 0,35 a R$ 0,40.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.