Compras também estão em alta no MT

Agronegócio

Compras também estão em alta no MT

Entrada de produtos estrangeiros em Mato Grosso cresceu 74% em setembro
Por:
1120 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
Entrada de produtos estrangeiros em Mato Grosso cresceu 74% em setembro, ante ao mesmo mês de 2011, saltando de US$ 76,754 milhões para US$ 133,557 milhões, apesar de, segundo levantamento do Mdic, o resultado de setembro ter sido inferior ao mês anterior, apresentando queda de 22,33% na comercialização, já que agosto fechou em US$ 171,962 milhões.


No acumulado do ano a retração é de de 8,9%. Mato Grosso importou US$ 1,076 bilhão de janeiro a setembro deste ano, contra US$ 1,181 bilhão no mesmo período do ano passado. Variação do volume das importações no Estado entre os 2 últimos anos, sobretudo na comparação de setembro, ocorreu devido à instabilidade da moeda, analisa o economista Vitor Galesso, alertando ainda para a ausência de políticas públicas que acabam mantendo o setor primário como principal agente de importação, assim como de exportação. “Se isso não mudar, podemos entrar em colapso. Estamos no momento ideal para planejar o futuro”.


Além da instabilidade cambial, as dúvidas sobre o impacto da crise Europeia nos negócios de Mato Grosso também foram superadas, na avaliação do vicepresidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo de Oliveira, que confirma a retomada de projetos e investimentos do setor. Conforme ele, outros fatores contribuíram para esse aumento na “confiança” dos empresários, como a redução das taxas de juros aplicadas no mercado e o consumo interno estabilizado.


Produtos - Principais produtos adquiridos pelo Estado no mercado externo são direcionados à agricultura. Para se ter uma ideia, cloretos de potássio tiveram 47,13% de participação no acumulado do ano, totalizando US$ 507,455 milhões. Produtos industrializados aparecem somente na 9º posição na “lista de compras” dos mato-grossenses. Destacam-se ainda máquinas e aparelhos para a preparação de carnes.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink