Comprovada interferência de rede wireless em GPSs nos EUA
CI
Agronegócio

Comprovada interferência de rede wireless em GPSs nos EUA

LightSquared é especializada em sistemas de comunicação 4G e planejava implantar nos Estados Unidos uma rede banda larga
A batalha entre os operadores aeroagrícolas norte-americanos e uma rede de wireless via satélite (start up), que interferiria nos sistemas de GPS, teve mais um capítulo este mês. E, ao que tudo indica, com a comprovação do argumento das empresas de aviação e de outros usuários dos sistemas de navegação. Depois de um ano de testes, o Departamento de Defesa e o Departamento de Transportes dos Estados Unidos (representando nove outras entidades governamentais) emitiram um comunicado dizendo que o projeto da empresa LightSquared “causaria interferência generalizada” não só nos receptores GPS de alta precisão, mas nos milhões de aparelhos utilizados em carros, caminhões e barcos pelo país.

Situada no Estado da Virgínia, a LightSquared é especializada em sistemas de comunicação 4G e planejava implantar nos Estados Unidos uma rede banda larga wireless de abrangência nacional. O problema, apontado pelos operadores aeroagrícolas de lá, é que a o novo sistema operaria em frequência muito próxima da utilizada nos GPS das aeronaves de pulverização. O que causaria interferência. O temor ganhou corpo depois que testes de campo comprovaram o risco e os resultados integraram um relatório enviado à Comissão Técnica de Rádio para a Aeronáutica dos Estados Unidos.

A pendenga ganhou corpo a ponto de diversas entidades de usuários de GPS (de aviadores a pilotos de rali e até fabricantes de veículos não-tripulados) integrarem a Coalizão Salve Nosso GPS (www.saveourgps.org). Conforme o porta-voz da Coalizão, Dale Leibach, foram realizados vários estudos independentes, e em cada um deles os ajustes propostos pela LightSquared para resolver o problema foram inúteis. “Cada uma das propostas (da empresa) foram amplamente testadas e nenhuma eliminou a interferência nos GPSs”, comentou Leibach.
Agora, é quase certo que a LightSquared perca a concessão para a internet start up, da Comissão Federal de Comunicações (Federal Communications Commission - FCC) já que a licença era condicionada a não gerar problemas para outros setores. Ainda mais envolvendo a segurança dos transportes no país.

O assunto já havia sido notícia aqui no dia 9 de novembro de 2011. CLIQUE AQUI para rever a matéria.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.