Conab deve ofertar milho a balcão para produtores do RS
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)


Agronegócio

Conab deve ofertar milho a balcão para produtores do RS

Além de abastecer algumas granjas, a oferta também pode ajudar a regular o preço do grão no mercado
Por:
1117 acessos

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) deve anunciar na próxima semana a venda de milho a balcão para o Rio Grande do Sul. A expectativa foi confirmada ontem (23) pelo superintendente da Conab/RS, Carlos Farias, e deve atender parte da demanda de pequenos e médios avicultores e suinocultores independentes. Segundo ele, ainda falta acertar preço, locais de comercialização, volume ofertado e período de venda.

Além de abastecer algumas granjas, a oferta também pode ajudar a regular o preço do grão no mercado. Conforme documento encaminhado pela Asgav e o Sips ao Ministério da Agricultura (Mapa), as indústrias estariam pagando R$ 27,00 por 60 quilos de milho às fábricas de ração. "Se o valor fosse de até R$ 21,50, mostraria a realidade do mercado. A venda a balcão pode ajudar a estabilizar o preço e mostrar que esse valor de R$ 27,00 é irreal", afirma o secretário-executivo da Asgav, José Eduardo dos Santos. O presidente da Acsurs, Valdecir Folador, avalia que a medida é importante para ajudar a suprir a demanda de milho. "Atende uma parcela de produtores e auxilia a tirar a pressão sobre o grão, o que pode ampliar a oferta no RS."

No setor de aves, os mais beneficiados serão os produtores de ovos, que, segundo a Asgav, são 400 no Estado. A Acsurs estima que, pelo menos, 1 mil suinocultores realizem as compras. Para terem acesso a elas, os produtores devem realizar cadastro no site www.conab.gov.br tão logo sejam liberadas as vendas.

Para o diretor-executivo do Sips, Rogério Kerber, a medida tem alcance limitado. "Para efetivamente resolver o problema de abastecimento, seria necessário um programa de leilões de PEP." O mecanismo está sendo solicitado pela Asgav e Sips à Secretaria de Política Agrícola do Mapa desde julho. Ontem, novo pedido foi encaminhado com demanda inicial de 800 mil toneladas de milho para alimentação animal no RS.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink