Conab realiza mais um Pepro para apoio à comercialização e escoamento de milho

Agronegócio

Conab realiza mais um Pepro para apoio à comercialização e escoamento de milho

Prêmio será para a venda e o escoamento de 910 mil t do produto em grãos
Por:
1757 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
Mais um leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) para milho será realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na quinta-feira (23.10). Os detalhes da operação estão definidos no Aviso Nº 185/14. (Clique aqui para acessar). O Prêmio será para a venda e o escoamento de 910 mil t do produto em grãos, da safra 2013/2014 e 2014.
 
A operação se destina a produtores ou cooperativas localizados em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Maranhão e Piauí. Eles deverão, obrigatoriamente, comprovar a venda do milho para produtores de aves, suínos, bovinos e suas cooperativas. Também estão incluídas indústrias de ração e de alimentação humana, além de comerciantes.
 
O produto in natura ou processado, no caso das indústrias de ração, deverá ser escoado para RJ, ES e norte de MG e para os estados do Norte e Nordeste, com exceção de Bahia, Maranhão, Piauí, Sergipe, Pará, Rondônia e Tocantins.
 
A operação está dividida em 9 lotes, organizados conforme segue: quatro lotes do Mato Grosso, totalizando 550 mil toneladas, 90 mil t de Goiás; 70 mil t do Mato Grosso do Sul; 70 mil da Bahia; 65 mil do Maranhão; e  65 mil t do Piauí.
 
Resultado – Nesta sexta-feira (17), a Conab comercializou, por meio do leilão de Pepro Nº 175, o prêmio relativo à venda e ao escoamento de 32,2 mil t de milho do Tocantins. O montante representa 35,78% do total pretendido, de 90 mil t.
 
Para essa operação o Governo poderá pagar um valor total de prêmio de até R$ 1,75 milhão. A venda do produto deverá ser realizada até o dia 21 de novembro deste ano. Já a comprovação do escoamento terá que ser efetuada até a data limite de 15 de abril de 2015.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink