CONAB revisou para baixo os estoques finais de milho no Brasil em 2013

Agronegócio

CONAB revisou para baixo os estoques finais de milho no Brasil em 2013

Estão previstas 14,59 milhões de toneladas do grão
Por:
1131 acessos
A Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) revisou para baixo a produção e os estoques finais de milho no mercado brasileiro em 2013. Estão previstas 14,59 milhões de toneladas do grão.

No relatório anterior, divulgado em setembro, a Companhia falava em 18,16 milhões de toneladas de milho estocadas. Este número chegou a 19,36 milhões de toneladas na estimativa divulgada em agosto.

Os ajustes foram em função das revisões para cima do volume exportado e do consumo interno.

Com relação às exportações, o volume previsto para 2013 passou de 17,50 milhões de toneladas embarcadas (relatório de setembro) para 20,00 milhões de toneladas no último relatório.

O elevado estoque interno de milho tira, em parte, a preocupação com a disponibilidade do grão no primeiro semestre de 2014, visto a expectativa de redução de área e produção de milho na safra de verão.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink