Concurso revela troca de conhecimentos e potencial produtivo de Sete Lagoas/MG

Agronegócio

Concurso revela troca de conhecimentos e potencial produtivo de Sete Lagoas/MG

A maior produtividade foi 10.368 quilos de grão por hectare. A média de Minas Gerais é de 5.000 quilos por hectare. Isso demonstra o potencial da região para a produção de milho
Por: -Janice
701 acessos

Cerca de 200 produtores rurais participaram do encerramento do IV Concurso de Produtividade de Milho da Região de Sete Lagoas, safra 2008/2009. O evento foi realizado na Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG) nessa sexta-feira (26), e contou com dia de campo, palestras e entrega da premiação aos vencedores.

Ao todo, 71 agricultores participaram da disputa. Os resultados indicam o alto potencial produtivo da região, conforme avaliou o pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, José Carlos Cruz. “A maior produtividade foi 10.368 quilos de grão por hectare. A média de Minas Gerais é de 5.000 quilos por hectare. Isso demonstra o potencial da região para a produção de milho.” José Carlos também destacou a importância do concurso: “todos aprendemos com esse tipo de estratégia. A gente vê o que deu certo e o que deu errado, para saber como melhorar”.

E a iniciativa já demonstra resultados. No concurso do ano passado, vários agricultores colheram milho muito úmido para silagem. Naquela ocasião, os pesquisadores observaram o fato e explicaram como identificar o momento adequado da colheita. Agora, na última safra, foi possível observar que aumentou o número de produtores que colheram o milho com o teor ideal de matéria seca, que varia de 30 a 35%.

O concurso foi dividido em quatro categorias e teve participantes de 11 municípios: Baldim, Esmeraldas, Maravilhas, Matozinhos, Papagaios, Pará de Minas, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Santana de Pirapama e Sete Lagoas.

Na categoria agricultor empresarial – milho silagem, a vencedora foi Anna Helena Naves Branco, de Pedro Leopoldo, com produtividade de 21.891 quilos de matéria seca por hectare. Já na categoria agricultor familiar – milho silagem, o primeiro lugar ficou com Guerino Alves Marinho, de Papagaios, que obteve produtividade de 19.815 quilos de matéria seca por hectare. O agricultor participou pela terceira vez do concurso e disse que vem aprendendo cada vez mais com a troca de informações. Já havia ganhado em sua cidade e, este ano, conseguiu vencer a disputa regional.

A categoria agricultor familiar – milho grão teve como primeiro colocado João Batista Reis Campos, de Papagaios, com 10.368 quilos de grão por hectare. Ele afirma que a produtividade tem aumentado a cada safra. “A gente aprende a tecnologia e junta com a sabedoria que adquire no dia-a-dia da lavoura”, disse, satisfeito.

Na categoria jovem rural – milho grão, a vencedora foi Poliana de Almeida Teixeira, de Pedro Leopoldo, que obteve produtividade de 8.884 quilos de grão por hectare. A agricultora conta que sempre trabalhou na roça com o pai e disse ter aprendido muito com o concurso. No ano que vem, pretende entrar na disputa novamente.

O coordenador técnico regional da Emater, Walfrido Machado Albernaz, ressaltou que o mais importante no concurso é o conhecimento desenvolvido. “O agricultor aprende com o extensionista, o extensionista aprende com o produtor e os dois aprendem com a lavoura”, destacou.

O Concurso de Produtividade é uma iniciativa da Emater-MG (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais), em parceria com a Embrapa Milho e Sorgo, Unidade da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Epamig (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais) e com as empresas privadas, Sementes Santa Helena, Adubos Vanguard e Tracbel. As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink