Confira a situação do milho no Brasil
CI
Imagem: Marcel Oliveira
MERCADO

Confira a situação do milho no Brasil

O Paraná deve apresentar aumento elevado de custos, e atividade ainda permanece rentável
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul, o mercado do milho o aumento no controle de pragas foi de até 27,3% acima, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Segundo o estudo, o principal gasto do milho primeira safra foi com o controle de pragas, 25,7% superior à safra passada.  Parte desse aumento se deve ao ataque da Cigarrinha (Dalbulus maidis), que afetou a produtividade de regiões ao Sul do país.  O mercado permaneceu estagnado hoje no estado, e pouquíssimos vendedores foram vistos em lotes. Entre nossos correspondentes, comenta-se que a quantidade de ofertas não chegou a 10 mil toneladas. Indicação de compra disponível a R$ 90,00 em Santa Rosa e R$ 89,00 no futuro. Preços de pedra base Panambi R$ a 82,00”, comenta. 

Em Santa Catarina, mesmo com demanda aquecida, preços do suíno não se sustentam. “Para  um  de  nossos  correspondentes,  o menor  consumo  internacional  fez  cm  que  houvesse maior oferta por parte de grandes indústrias, e com o mercado “afogado”, frigoríficos menores tendem a comprar a carcaça ao invés de suínos vivos.  O  mercado  andou em  passos  lentos,  e  ao  exemplo do Rio  Grande  do  Sul,  tudo  o que  se  ouviu  por  aqui foram indicações,  que  permaneceram  às  mesmas  bases.  Intenções  de  compra  a  R$  90,00  no  oeste,  com  vendedores intencionando R$ 91,00”, completa. 

O Paraná deve apresentar aumento elevado de custos, e atividade ainda permanece rentável. “Segundo  o  Deral/PR,  a  cultura  do  milho  deve apresentar  uma  elevação  significativa  de  custos  na safra 21/22, em que o levantamento feito pelo órgão para novembro  tiveram um  aumento superior  a 71% se  comparados  à  última  safra.  Para  o  órgão,  a elevação  deve-se  principalmente  à  alta  vista  em fertilizantes,  combustíveis  e  agrotóxicos.  No  entanto, como por saca ainda representam cerca de R$ 40,00, é previsto que as margens continuem boas”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.