Confira como está o mercado do milho
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
COTAÇÕES

Confira como está o mercado do milho

Os compradores de Santa Catarina continuam oferecendo R$ 71,00
Por: -Leonardo Gottems

Os compradores de milho do Rio Grande do Sul continuam fora de mercado, abastecidos pelo menos até meados de janeiro ou mais, de acordo com o que informou a TF Agroeconômica. “No momento, sua preocupação é acompanhar a safra (que está com grande quebra em algumas regiões do estado), para ver se recebem ou não os contratos fechados antecipadamente. Teoricamente o mercado de milho no Rio Grande do Sul manteve os R$ 75,00 no disponível em Ijuí  e  R$ 70,00 CIF Indústrias para janeiro”, comenta. 

Os compradores de Santa Catarina continuam oferecendo R$ 71,00 no Oeste do estado e R$ 73,00 o Meio Oeste. “Os compradores estão abastecidos por um mês e meio e  aguardam  novos  rumos  do  mercado  para  se posicionar. As  chuvas  no  oeste  do  estado  não  serviram  para recuperar as lavouras, porque chegaram tarde”, completa. 

No Paraná, com ritmo de final de ano, negócios apenas dos pequenos granjeiros da mão para a boca. “Os preços continuam se mantende elevados no estado, mas  os  negócios  estão  praticamente  paralisados.  Os grandes compradores estão abastecidos com milho local e os pequenos é que movimentamos preços. O Milho spot manteve os R$ 72,00 nos Campos Gerais  comprador;  poucas ofertas.  -  Milho  futuro  também  continuou  elevado  a  R$  73,00  Paranaguá  para janeiro de 2021”, indica. 

No Mato Grosso do Sul, o produtor retém o milho e o preço sobe mais 1-2 reais/saca. “O  mercado  de milho  subiu mais 1-2  reais/saca no estado  nesta segunda-feira,  porque  o  produtor  não  aceita  os preços atuais, querendo no mínimo R$ 70,00/saca para vender. Com  isto,  os  preços  voltaram  a  subir  1,56%  em Dourados,  3,17%  em  Campo  Grande,  1,59%  em Maracaju,  3,28%  em  Chapadão  do  Sul  e  1,61%  em Sidrolândia”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink