Confira como estão os preços do milho
CI
Imagem: Marcel Oliveira
MERCADO

Confira como estão os preços do milho

Em Santa Catarina, os compradores recuaram mais 3 reais no Oeste
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a TF Agroeconômica, mesmo com safra apertada, os preços estão em queda com ofertas de fora do estado do Rio Grande do Sul. “Os preços do milho no estado, que já estiveram ao redor de R$ 93,00/saca em algumas regiões, estão caindo a olhos vistos nos últimos 15 dias. Nesta segunda-feira alguns vendedores ainda pedem R$ 80,00/saca mas os compradores reduzem a sua contra-oferta a cada dia, porque encontram preços menores em outros estados e até no Paraguai. Com isto, os preços finais dos poucos negócios realizados no estado se situam ao redor de R$ 77,00/saca”, comenta.

Em Santa Catarina, os compradores recuaram mais 3 reais no Oeste, mas os vendedores não aceitaram. “Os compradores de Santa Catarina reduziram mais 3 reais/saca suas ofertas por milho do Mato Grosso do Sul, nesta segunda-feira, mas os vendedores não aceitaram e não houve negócios conhecidos. O  mercado  ainda  procura  um  piso  para  suas  operações,  depois  que  as chuvas voltaram a beneficiar as lavouras do Centro-Oeste brasileiro, porque no  Sul  (RS  e  SC)  elas  chegaram  tarde  e  não  haverá  muita  recuperação  de cultivos”, completa.

No Paraná, boas chuvas neste fim de semana continuam a recuperar as lavouras e pressionam os preços. “As chuvas continuaram nestes últimos dias e tem  sido de volumes considerados muito bons,  entre 60 e 100 mm, na maioria das regiões, melhorando a umidade dos solos e recuperando as lavouras, que já estavam sentindo estresse hídrico. Com  relação  aos  preços,  continuam  inalterados:  nos  Campos  Gerais vendedor  a  R$  75,00,  mas  pouquíssimas  ofertas,  com  compradores  a  R$ 70,00. Sem indicação nas fábricas dos campos gerais para dezembro. Com  a  queda  do dólar comprador  passou  a indicar  R$ 68,00  no norte do estado  e  o  mercado  começando  a  ter  mais  oferta,  com  vendedor  ainda querendo lotes a R$ 70,00”, conclui. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink