Confira o mercado do milho no Brasil
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PREÇOS

Confira o mercado do milho no Brasil

Santa Catarina tem baixa movimentação, com valores ainda altos
Por: -Leonardo Gottems

Com a maior disponibilidade pela colheita no estado do Rio Grande do Sul, os compradores continuam retraídos, segundo informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “A maioria dos compradores ainda oferece R$ 82/82,00 para a compras de lotes. No picado, os preços chegam a R$ 85,00. Mas, a maioria dos vendedores está também capitalizado e prefere esperar. Sabem da escassez do produto e da perspectiva de alta do milho no primeiro semestre de 2021, o que torna mais difícil a compra”, comenta. 

Santa Catarina tem baixa movimentação, com valores ainda altos. “O  milho  de  SC  teve  uma  quarta-feira  pouco movimentada,  com  apenas  pequenos volumes sendo  negociados  à R$86,00  para  cobrir  os  atrasos  de  colheita.  Sendo  o milho para consumo interno e destinado especialmente a  granjeiros,  é  esperado  que  o  valor  seja  um  pouco mais baixo, por isso o comprador se retém à ideias de R$82,00.  É  esperado  que  o  mercado  comece  a  se movimentar  apenas  a  partir  da  segunda  semana  de fevereiro”, completa. 

Com disponibilidade ajustada para suas necessidades os preços do milho no Paraná estão inalterados. “Com vendedores e compradores se estudando todos os dias, os mercados avançam muito lentamente.  Preço  de  comprador  do  milho  spot  se  manteve  em  R$  80,00  nos  Campos  Gerais,  mas  com  poucas  ofertas. Vendedor continua pedindo R$ 83,00/saca ou mais. Sem indicação nas fábricas dos Campos Gerais. Milho  futuro  manteve  não  teve  indicações  em Paranaguá para fevereiro/março de 2021”, indica. 

No Mato Grosso do Sul, os agricultores estão mais atentos à safra de soja do que à venda de milho. “Com  o  início  da  colheita  do  milho  de  verão  nos  três estados do Sul a  demanda de  outros estados  sobre o milho  do  Mato  Grosso  do  Sul  não  evolui  e, consequentemente, os preços permanecem inalterados (mas não caem)”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink