Confira os destaques do milho
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
PREÇOS

Confira os destaques do milho

A colheita atinge 64% da área no Paraná
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul a Federação das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul Ltda (FecoAgro/RS) aumentou a área de milho em 5%, sendo esse o principal destaque do estado, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Não fossem os pequenos granjeiros, pouco se falaria sobre milho no dia de hoje. Em lotes pontuais, sabe-se que 300 toneladas foram vendidas em Santo Ângelo, a um preço que não foi revelado; e 100 toneladas em Passo Fundo, a R$ 102,00 a saca. Ademais, mercado parado”, comenta. 

Em Santa Catarina a chuva deve chegar ao estado na quinta-feira, que tem o milho importado muito competitivo. “O  dia  apresentou  um  movimento  fraco  de  negócios,  onde  compradores,  sem  grandes  intenções  no  spot, indicavam a partir de um recebimento em meados de setembro, a R$ 98,00. Nas intenções de venda, persistem preços entre R$ 105,00 e R$ 110,00, e não ouviram-se reportes de negócios”, completa a consultoria. 

A colheita atinge 64% da área no Paraná, com apenas 5% das lavouras em boas condições. “Todo esse foco nos trabalhos de campo pareceu afastar o produtor das vendas no dia de hoje. Sabe-se que entre as pedidas, haviam lotes a partir de R$ 105,00 em todo o estado, mas as intenções de compra não passavam de R$ 102,00 a saca. Não ouvimos reportes de negócios”, indica. 

O Valor Bruto da Produção (VBP) da agropecuária do estado em 2021 deve atingir R$ 68,75 bilhões em receita, aumento de 18,29% se comparado a 2020, que somou R$ 58,12 bilhões, conforme dados do IBGE e Cepea/Esalq (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada). “Pouquíssimo se falou em relação à comercialização de milho hoje no Estado e, ao que tudo indica, o produtor se concentra na colheita e deixa de lado os negócios. Em indicações que seguem de lado – há muito tempo, por sinal -, Dourados e Campo Grande a R$ 92,00 a saca; Maracaju a R$ 90,50, e Sidrolândia e Chapadão a R$ 89,00. Não ouvimos reportes de negócios”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.