Confira os preços do milho nas principais praças

Imagem: Marcel Oliveira

COTAÇÕES

Confira os preços do milho nas principais praças

“No Paraná os preços começaram a semana inalterados"
Por: -Leonardo Gottems
1052 acessos

Os preços do milho voltaram a cair nesse início de semana na praça de campinas, indo de R$ 58,13,/saca para R$ 58,04, reduzindo o acumulado do mês para 10,28% contra 10,45% do dia anterior. Foi isso que informou a T&F Consultoria Agroeconômica, diante de dados da pesquisa diária do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). 

No Rio Grande do Sul, o mercado continuou negociando a R$ 49,50 FOB no interior e R$ 52,00 CIF, com a disponibilidade começando a reduzir à medida que os compradores vão se abastecendo. “Em Santa Catarina os preços mantiveram a alta conseguida na semana passada em R$ 52,00 em Canoinhas e Chapecó e em Concórdia e Mafra que se nivelaram também em R$ 52,00/saca. Os preços pagos aos agricultores mantiveram R$ 45,00/saca geral no estado”, afirmou a T&F. 

“No Paraná os preços começaram a semana inalterados, ao redor de R$ 49,00 no mercado disponível em Ponta Grossa e também R$ 49,00 para abril nas fábricas dos Campos Gerais.  O preço permaneceu em R$ 50,00  em  Londrina,  Maringá  e  chegou  também  neste  nível  em Cascavel. Os preços aos produtores ficam entre R$ 44,00/45,00/saca”, completa. 

Em relação aos países vizinhos, os milhos importados do Paraguai chegariam ao Oeste do Paraná ao redor de R$ 57,98 (56,73), ao Oeste de Santa Catarina ao redor de R$ 65,41 (63,99) e ao Extremo Oeste de SC ao redor de R$ 63,24/saca (61,87). “A cotação do milho argentino subiu para R$ 65,82 (64,51) e a do milho americano a R$ 71,02 (69,61) no oeste de SC”, indicou. 

“Dos principais consumidores de milho, os preços do frango resfriado para o consumidor em São Paulo começaram a semana em queda de 0,44%  a  R$  4,52/kg,  mantendo  o  acumulado  do mês  em  forte  queda  de  7,94%”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink