Confira os preços do milho no Brasil
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Marcel Oliveira

COTAÇÕES

Confira os preços do milho no Brasil

Em Santa Catarina, os preços estão em alta
Por: -Leonardo Gottems
332 acessos

No Rio Grande do Sul, o preço atingiu R$ 59,00 no porto nesta segunda-feira e disputa fortemente com as indústrias no interior, segundo informou a T&F Consultoria Agroeconômica. “Em nosso comentário da última sexta-feira tínhamos dito que o mercado estava com ‘preços firmes’ no estado e, nesta segunda-feira, a semana começa com alta de mais R$ 2,00/saca para R$ 59,00/saca, entrega e pagamento em março/21, contra R$ 57,0 do dia útil anterior, no porto gaúcho de Rio Grande, para exportação, o que resultaria no interior algo como R$ 53/54,00 no interior, disputando fortemente com as indústrias de carnes, que não oferecem preços futuros”, informa. 

Em Santa Catarina, os preços estão em alta, tendo subido R$ 5,00/saca somente em agosto, no balcão. “Os preços subiram mais 2 reais/saca para R$ 57,00 no Alto Vale do Itajaí, subiram para R$ 54,00 em Campos Novos, subiram R$ 0,50/saca para R$ 56,50 em Canoinhas e Chapecó, para R$ 58,00 em Concórdia, Joaçaba e Mafra”, completa. 

No Paraná, os preços subiram R$ 3,00/saca e existe preocupação com as chuvas e o clima sobre milho não colhido. “O estado do Paraná ainda possui um volume considerável de milho não colhido ainda. Na semana passada eram 55% nas lavouras e 45% colhido, é possível que o relatório do Deral desta terça-feira inverta estes percentuais, ou até amplie os dados de colheita, diante dos dias secos e das ameaças de chuva que ocorreram na semana passada. Chuvas e geadas com o milho em maturação estragam o cereal, podendo reduzir significativamente a oferta do produto, do qual o próprio estado é um grande consumidor, produtor e exportador”, indica. 

“No Mato Grosso do Sul foram negociadas na semana 30.000 toneladas de milho disponível a R$ 45,00, praticamente tudo para o Rio Grande do Sul. O Relatório Granos, desta segunda-feira, registrou que 43,19% das 7,06 milhões de toneladas de milho Safrinha do estado já estão colhidas e 54,82% comercializadas. No Mato Grosso Milho 2020/2020 semana com mercado forte, com compradores ainda precisando cobrir posições”, conclui. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink