Confira os preços do milho nos estados
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,632 (-1,41%)
| Dólar (compra) R$ 5,51 (-1,34%)

Imagem: Marcel Oliveira

COTAÇÕES

Confira os preços do milho nos estados

Em Santa Catarina, os preços tiveram alta ao redor de R$1,0/saca
Por: -Leonardo Gottems
652 acessos

De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, o preço do milho no Rio Grande do Sul recuaram entre 1,02% a 3,61% no encerramento da última semana, já que as intemperes climáticas tinham feito com que eles subissem demais anteriormente. “Agora, com a entrada da Safrinha nos estados do Centro-Oeste, em que pese o atraso do MS, preços iniciais de comprador no mercado de milho disponível estão sofrendo pressão, fixando-se em R$ 49,50 em Carazinho,  R$ 49,00/saca FOB, em Cruz Alta, R$ 48,50 em Erechim e Ijuí, R$ 49,30 em Passo Fundo e  R$ 50,00 na Serra, que sugere, conforme a distância, preços CIF entre R$ 50,00 e R$ 52,00/saca”, comenta. 

“Para exportação, para  entrega em  fevereiro de 2021,  com a nova  alta do dólar de  1,17%, o preço oferecido  pelas  Tradings  avançou  um real/saca fixando-se em R$ 52,00, contra R$ 49,50/sacado dia anterior, sobre rodas no porto gaúcho de Rio Grande, segundo informações de mercado, liquidando algo como R$ 48,00 no interior, dando suporte aos preços”, completa. 

Em Santa Catarina, os preços tiveram alta ao redor de R$1,0/saca na semana. “Os preços para o produtor subiram ao redor de 2,04% ou 1 real/saca no estado, fechando a R$ 44,00/saca no Alto Vale do Itajaí, R$ 45,00 em Canoinhas, Chapecó, R$ 44,00 em Concórdia, Joaçaba, Pinhalzinho e em Mafra”, informa. 

“No mercado de lotes os preços também subiram 1 real/saca para R$ 51,00 em Campos Novos, permaneceram inalterados em R$ 54,00 em Joaçaba e Concórdia e subiram um real para R$ 52,00/saca em Chapecó. O atraso nas colheitas do MS e do PR estão provocando altas nos preços do milho catarinense. Os grandes compradores estão até buscando milho paraguaio”, indica. 

No Paraná os preços do milho subiram 1,5 real/saca nesta sexta-feira. “O mercado spot se manteve em R$ 46,00 FOB no spot disponível e a R$ 48,00 para entrega e pagamento em agosto, posto fábrica para agosto na região dos Campos Gerais”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink