Conheça o sistema de irrigação movido a energia solar
CI
Imagem: Marcel Oliveira
VÍDEO

Conheça o sistema de irrigação movido a energia solar

Equipamento é pioneiro no mundo e já está no mercado
Por: -Eliza Maliszewski

A irrigação é uma técnica que auxilia na segurança e bom desenvolvimento das culturas. No Brasil a área irrigada está em expansão. Segundo a Câmara Setorial de Equipamentos de Irrigação (CSEI), da Abimaq, em 2000 eram pouco mais de 3 milhões de hectares e em 2015 cerca de 5,4 milhões de hectares irrigados. 

O Brasil está entre os 10 países com maior área equipada para irrigação do mundo. Atualmente a área chega a quase 7 milhões de hectares mas poderia chegar a  61 milhões, principalmente no Centro Oeste. Um estudo da Agência Nacional de Águas (ANA) aponta expansão de 45% da irrigação no Brasil até 2030. 

No mesmo ritmo vem a energia solar. A geração limpa, que permite ter acesso a energia em regiões remotas e até zerar a conta está conquistando o Brasil, país tropical com ampla cobertura solar. A instalação de novos sistemas de geração distribuída saltou de 7 em 2012 para 110.299 mil em 2019, segundo dados da ABSOLAR. 

Em 2019, o mercado de energia solar no Brasil cresceu mais de 212%, alcançando a marca de 2,4 GW instalados. Neste ano já são totalizados 5.7 GW. O estado onde há mais geração fotovoltaica é Minas Gerais,com quase 20% do total.

As duas tecnologias foram reunidas em um projeto piloto, justamente em terras mineiras. No local foi instalado o primeiro pivô movido exclusivamente a energia solar. O sistema foi desenvolvido por um empresa brasileira e já está sendo exportado para outros países. 

 “Estamos revolucionando o mercado, democratizando o acesso à irrigação e oferecendo a produtores de todo o mundo a possibilidade de aumentarem sua produtividade. Uma solução desenvolvida no Brasil e que será colocada disposição do mercado internacional”, comemora o Diretor Presidente da Valmont no Brasil, Renato Silva.
 
O produto pode ser utilizado em locais onde a logística de diesel é difícil e cara, já que a conjugação com outras fontes de energia alternativas pode ser uma boa opção para permitir a constância da irrigação, principalmente em dias nublados. Operando somente em energia solar são 8 horas de capacidade; com acréscimo de gerador até 24 horas e com gerador mais bateria são 24 horas com ganho ecológico.

Veja no vídeo como funciona, capacidade, custo e em quanto tempo se paga o investimento.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink