Conseleite acredita em aumento da produção

Agronegócio

Conseleite acredita em aumento da produção

Nem mesmo esse aumento estimado na produção deve ocasionar uma redução no preço pago ao produtor
Por:
44 acessos

O Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite do Estado do Paraná (Conseleite) acredita em um aumento da produção estadual. "Temos registrado um aumento na produtividade e também temos mais produtores entrando na atividade. Temos registrado um aumento na procura por matrizes", informa Maria Sílvia Digiovani, secretária do Conseleite. Nem mesmo esse aumento estimado na produção deve ocasionar uma redução no preço pago ao produtor.

"O diferencial do Paraná é que 90% das propriedades têm menos de cem hectares, o que não é viável para o plantio de grãos e de cana-de-açúcar", avalia Maria Sílvia. Outra vantagem apontada por ela é o retorno mensal gerado pela atividade. Já o veterinário do Departamento de Economia Rural (Deral) Fábio Mezzadri afirma que, dificilmente, os produtores de leite deixam a atividade e acabam com seu rebanho.

"São famílias tradicionais na produção, que gera uma renda familiar mensal e utiliza mão-de-obra familiar. Tanto que produtores da Região Noroeste estão voltando a investir na atividade", comenta Mezzadri. Os maiores produtores de leite no Paraná estão na Região Oeste. Anualmente, o Estado é responsável por cerca de 2,6 bilhões de litros de leite, o correspondente a 10,3% da produção brasileira. O maior produtor é Minas Gerais (6,9 bilhões de litros), seguida por Goiás. (F.M.)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink