Conservação e bem-estar da fauna são destaque na Casa do Meio Ambiente

Expodireto

Conservação e bem-estar da fauna são destaque na Casa do Meio Ambiente

Na parte superior da Casa, nos cinco dias de feira, o visitante pode conhecer um pouco mais sobre o trabalho da ONG Convidas
Por:
48 acessos

Desde 2002, o Parque da Expodireto Cotrijal conta com um local para a realização de ações relativas à educação ambiental. O espaço, que compreende a Casa do Meio Ambiente, um lago, uma área com árvores frutíferas nativas e o projeto Bosques Gaúchos, traz, anualmente, exposições ambientais, com temáticas diferenciadas para a discussão do público visitante.

A coordenadora do Meio Ambiente da Cotrijal, Deisi Sebastiani Nicolao, destaca o reconhecimento dos serviços ecossistêmicos na manutenção da vida das pessoas e dos demais seres vivos, valorizando a biodiversidade regional e o equilíbrio ambiental. Aponta que o tema do meio ambiente tem que ser tratado com responsabilidade, pensando no desenvolvimento econômico, mas sem deixar de lado a sustentabilidade. “A Cotrijal mantém este espaço porque tem essa preocupação com o meio ambiente e quer, através dele, incentivar as pessoas a também fazerem a sua parte para a preservação da natureza”, afirma Deisi.

Na parte superior da Casa, nos cinco dias de feira, o visitante pode conhecer um pouco mais sobre o trabalho da ONG Convidas, através de exposição que reúne imagens do Programa Primaves. “Somos apoiadores desse projeto, porque dá um abrigo adequado aos animais que não têm mais condições de retornar para a natureza”, explica Deisi.

Em meio aos registros fotográficos dos animais atendidos pela ONG, o veterinário da organização, Luis Pedrotti, explica que o centro recebe primatas e aves que perderam seu território natural pela ação humana. “Os animais ficam neste lugar pelo resto da vida, recebendo suporte nutricional e sanitário. Essa parceria com a Cotrijal é uma oportunidade para divulgar um pouco do nosso trabalho”, destaca. 

Já na parte inferior da Casa do Meio Ambiente está sendo exibida a exposição “Serviços Ecossistêmicos: quanto você paga por eles”, através de uma parceria entre a Cotrijal e o Museu Zoobotânico Augusto Ruschi (Muzar), da Universidade de Passo Fundo. Élinton Rezende, laboratorista do Muzar, conta que é a segunda vez do Museu na Casa do Meio Ambiente da Cotrijal. 

A exposição demonstra os benefícios que animais e plantas trazem para a população na questão de regulação, manutenção de populações, plantas medicinais e alimentícias não convencionais. “Trazemos a reflexão para serviços que não percebemos que estão sendo ofertados pela natureza, mas são de grande importância para a regulação de clima, solo, dentre outros. Muitas vezes as pessoas têm essa distinção de que meio ambiente é uma coisa e produção é outra, mas elas estão intimamente ligadas, uma depende da outra. Essa é uma forma de fazer uma demonstração da importância da preservação ambiental para o desenvolvimento econômico da região”, explica Rezende. 

TEATRO - A programação da Casa do Meio Ambiente também conta com apresentações diárias de teatro. Em 2019, o tema debatido é “Todos juntos cooperando pelo meio ambiente”, com três exibições por dia: uma de manhã, às 10h30; e duas na parte da tarde, às 13h30 e às 14h30.

MIRANTE - Além das exposições e teatro, os visitantes podem aproveitar o mirante do espaço localizado no final da passarela, com vista do Parque de Exposições da Expodireto Cotrijal. Também é possível prestigiar o Projeto Bosques Gaúchos Cotrijal, no entorno do açude, que possui representação de sete regiões fitogeográficas do RS, com identificação das árvores nativas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink