Contratos de opção para milho


Agronegócio

Contratos de opção para milho

Por:
1 acessos

O governo anunciou ontem medidas de sustentação do preço do milho. Serão lançados contratos de opção para cerca de dois milhões de toneladas do grão e outras 600 mil toneladas de sorgo. O volume representa um gasto de R$ 847 milhões se as opções forem exercidas. Também serão adquiridas 150 mil toneladas de milho para o Norte, Nordeste e norte de Minas Gerais. Segundo o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Ivan Wedekin, as medidas são necessárias porque já existe tendência de queda de preço do grão. Em janeiro a saca do milho era comercializada a R$ 22 em Cascavel (PR) e atualmente está em R$ 18,50. O primeiro leilão de opção será realizado no próximo dia 20, com a oferta de 500 mil toneladas de milho e 150 mil toneladas de sorgo. O preço de exercício é de R$ 17,90 a saca de milho para o Paraná, São Paulo, Minas Gerais, sul da Bahia e estados do Centro-Oeste, excetuando-se Mato Grosso, onde o valor é de R$ 15,90. O vencimento será em 13 de junho, com possibilidade de antecipação para abril e maio, neste caso com os valores recalculados em R$ 0,30 inferiores a cada mês. As operações poderão ser liquidadas com a utilização de Prêmio de Escoamento da Produção (PEP) ou da recompra das opções.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink