Convênio garante repasse de recursos para capacitação
CI
Agronegócio

Convênio garante repasse de recursos para capacitação

Cursos serão disponibilizados a técnicos de extensão rural, estudantes de graduação e produtores
Por:

Cursos serão disponibilizados a técnicos de extensão rural, estudantes de graduação e produtores

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) assinou um convênio com a Fundação de Apoio à Tecnologia Cafeeira (Funprocafé) para repasse de recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) no montante de R$ 333 mil.

A iniciativa visa a realizar projetos e atividades de difusão tecnológica de pronta aplicação nas lavouras de café, com ênfase na cafeicultura do Estado de Minas Gerais, mediante ações de capacitação de estudantes de graduação, produtores e de técnicos de extensão rural diretamente ou junto a suas cooperativas e associações, favorecendo a competitividade, a geração de renda e empregos.

Além dos cursos, serão promovidos dias de campo bem como o 38º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, que será realizado em Caxambu (MG), de 23 a 26 de outubro, abordando o tema ‘Boas tecnologias difundir, pro café bem florir’, destacando a importância do uso racional de novas técnicas para aumentar a capacidade produtiva dos cafezais, reduzir custos e gerar maior renda. “A disseminação de boas práticas de produção associada a uma percepção da necessidade de uma transferência tecnológica melhor qualificada e mais intensiva representa uma importante estratégia para tornar o negócio café mais competitivo e sustentável”, destacou a diretora-substituta do Departamento do Café (DCAF/Mapa), Cláudia Marinelli.

A Fundação Procafé tem se constituído num importante instrumento de desenvolvimento tecnológico da cultura do café, atuando mediante parcerias com órgãos públicos e privados. Convênios anteriores com o Mapa permitiram resultados importantes no desenvolvimento e difusão de tecnologia cafeeira, com reflexos positivos sobre a cafeicultura brasileira, representados por significativos avanços na racionalização dos tratos das lavouras, no aumento da sua produtividade e consequente redução dos custos de produção de café.

Mais informações: http://fundacaoprocafe.com.br/


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink