Coopmel assegura terreno para construção do novo entreposto de mel

Agronegócio

Coopmel assegura terreno para construção do novo entreposto de mel

A partir de março de 2011 a unidade já pretende inaugurar as novas instalações em Maceió, que ficarão localizadas no bairro dos Santos Dumont
Por:
1443 acessos
A última reunião do Conselho Estadual do Cooperativismo (Conecoop) de 2010 foi marcada pela assinatura do termo de comodato entre a Companhia de Abastecimento e Saneamento de Alagoas (Casal) e a Cooperativa de Produtores de Mel de Abelha e Derivados LTDA (Coopmel). A partir de março de 2011 a unidade já pretende inaugurar as novas instalações em Maceió, que ficarão localizadas no bairro dos Santos Dumont.

O presidente da Coopmel, Carlos Carrasco descreveu o momento com a palavra felicidade. “Estamos felizes com esse momento. Vamos construir o coração da Coopmel. Com esse incentivo do governo do estado e do Conecoop, vamos promover o crescimento de centenas de famílias em todo o Estado”, declarou.

Carrasco fez questão de destacar que esta conquista – que foi aplaudida por vários representantes de cooperativas que participaram da assembleia – se deu graças à intervenção do presidente do Conselho e secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Luiz Otávio Gomes. “A sensibilidade do presidente do Conselho, abraçando nossa causa, foi primordial. Estamos realmente agradecidos”, reforçou.

Para o vice-presidente do Conecoop e presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Alagoas (OCB/AL), Marcos Rocha, a assinatura do termo só concretizou a parceria que o governo do estado tem com o cooperativismo. “Foi mais uma vitória do sistema cooperativista. Com esse novo terreno a Coopmel poderá expandir sua produção e trabalhar ao máximo sua capacidade”, destacou Rocha.

Durante reunião foi feito um balanço das conquistas do sistema no ano de 2010 e levantados alguns pleitos para 2011. Entre eles, a modificação da legislação estadual de transporte público para que as cooperativas possam concorrer no processo de licitação. “Algumas dessas medidas só poderão ser resolvidas na próxima legislatura, mas diante mão peço que a OCB/AL faça a exposição oficial dos argumentos”, afirmou o presidente do Conecoop, Luiz Otávio Gomes.
 
As informações são da assessoria de imprensa da Cooperativa de Produtores de Mel de Abelha e Derivados LTDA - (Coopmel).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink