Agronegócio

Cotação atual do óleo de soja torna biodiesel inviável no país

A valorização nas cotações do óleo de soja fez as indústrias de biodiesel recalcularem seus custos de produção
Por: -Cibelle Bouças
1 acessos
A recente valorização nas cotações do óleo de soja fez as indústrias de biodiesel recalcularem seus custos de produção. Conforme a Tetras Corretora, o preço do produto, cotado nessa terça-feira (21-11) em São Paulo a R$ 1.800 a tonelada, subiu 63,6% no ano e 38,5% desde o fim de setembro, quando a soja iniciou ciclo de alta na bolsa de Chicago por conta da demanda para produção de biodiesel nos EUA. O preço já supera o do biodiesel, que no último leilão da Petrobras ficou em R$ 1.746,66 a tonelada.


"Com a entrada da safra nova, a partir de janeiro, esse preço deve baixar, mas não chegará aos níveis praticados no início deste ano", diz Renato Sayeg, da Tetras. Para Univaldo Verdana, consultor da Biodiesel BR, a valorização do óleo de soja preocupa, principalmente porque o produto é hoje a única matéria-prima disponível em volume suficiente para atender à demanda das indústrias.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink