Cotações da soja fecharam em queda ontem

Agronegócio

Cotações da soja fecharam em queda ontem

Os preços recuaram devido a especulações de que as chuvas irão aumentar a umidade do solo e acelerar o plantio no cerrado do Brasil
Por:
213 acessos

Os preços futuros da soja recuaram ontem (17-10) pelo segundo dia consecutivo no mercado americano devido a especulações de que as chuvas irão aumentar a umidade do solo e acelerar o plantio no cerrado do Brasil, segundo maior país produtor e maior exportador do grão do mundo. Algumas áreas brasileiras podem receber até 1,3 centímetro de água nos próximos cinco dias, precedendo chuvas mais fortes, avalia o meteorologista Mike Tannura, do T-Storm Weather, de Illinois. Segundo Tannura, o tempo seco também pode acelerar o plantio de soja no Sul do país, onde a umidade do solo é maior. Em Chicago, janeiro caiu 3,75 centavos, para US$ 9,93 por bushel. No mercado interno, a saca fechou a R$ 40,56, com alta de 0,57%, segundo o Cepea/Esalq.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink