Cotrijal cresce no ranking das mil melhores do Brasil
CI
Agronegócio

Cotrijal cresce no ranking das mil melhores do Brasil

Em 2010, a Cotrijal subiu do 596º para o 531º lugar em vendas, com um faturamento de US$ 409,4 milhões em 2009
Por: -Janice

Já está circulando em todo o país a edição especial da revista Exame que realiza desde 2005 o levantamento das maiores e melhores empresas do país em 20 setores da economia nacional. Em 2010, a Cotrijal subiu do 596º para o 531º lugar em vendas, com um faturamento de US$ 409,4 milhões em 2009 .

A cooperativa também figura entre as 400 maiores do agronegócio brasileiro, na posição 114, subindo 20 posições em relação ao resultado de 2008. A Cotrijal entrou ainda para a lista das 100 maiores empresas da região Sul, ocupando a 84ª posição. Na região Sul, a cooperativa também está entre as 50 maiores do agronegócio, ocupando a 36ª colocação.

O presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, se mostrou feliz em ver a cooperativa entre as mil melhores do Brasil e destacou que o resultado reflete o trabalho sério e comprometido que vem sendo realizado. “É gratificante vermos esses números que comprovam o crescimento da Cotrijal em 2009. E isso devido a um trabalho em conjunto com a liderança, o conselho, o quadro social e os colaboradores”, comenta Mânica, salientando ainda a responsabilidade de todos para que o crescimento continue nos próximos anos, alcançando resultados satisfatórios.

Repetir em 2010 a performance de 2009, ou até mesmo superar estes resultados positivos, é considerado um desafio pelo presidente da Cotrijal, “Sabemos que o preço das commodities é sazonal, podendo ser bom num ano e no seguinte apresentar diferenças e isso reflete em toda a nossa economia, mas o que nos deixa tranquilos é o crescimento real em produção, e isso a cooperativa conseguiu”.

O vice-presidente da Cotrijal, Jairo Marcos Kohlrausch, que responde pela área comercial de insumos da cooperativa, também ressalta que esse resultado foi alcançado a partir do trabalho conjunto que vem sendo desenvolvido nos últimos anos. “Contamos cada vez mais com o apoio dos produtores dentro de nossa área de ação, e estamos trabalhando para que eles consigam melhores resultados, o que acaba sendo uma consequência, já que através do nosso time de colaboradores, gerentes e direção desenvolvemos um plano de ação voltado para o progresso”, observa. “Um dos fatores que nos ajudou muito em 2009 foi o desempenho das commodities, que aliado ao trabalho qualificado do associado e da cooperativa, resultou em um saldo positivo”.

Desde 1995 a Revista Exame realiza uma publicação com o ranking das 1000 melhores empresas do país. Para elencar as empresas são utilizados diversos índices para os cálculos como ativo total ajustado, o capital circulante liquido, o controle acionário, o crescimento das vendas, empregados, excelência empresarial, lucro, patrimônio e produtividade entre outros itens. A coleta de dados ocorreu em cerca de 3.000 empresas, o que resultou em um trabalho de quase 700 páginas e análises sobre a economia e o ambiente de negócios brasileiros. As informações são de assessoria de imprensa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.