Cresce apreensão de defensivos e sementes
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,112 (0,05%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)

Imagem: Divulgação PRF

FISCALIZAÇÃO

Cresce apreensão de defensivos e sementes

Número de apreensões de defensivos e sementes cresce com proximidade da nova safra
Por: -Eliza Maliszewski
711 acessos

A Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Sul recuperou uma carreta roubada carregada com centenas de caixas de agrotóxicos, com valor estimado de R$ 1,624 milhão. A ação aconteceu em Passo Fundo, na BR 285, norte do Estado.

Durante um patrulhamento de rotina os agentes avistaram uma carreta parada no acostamento. Ao se aproximarem o motorista saiu correndo, deixando caminhão aberto e com motor ligado. Ao inspecionar a carga os policiais verificaram que os lacres da carga estavam rompidos e havia um bloqueador de GPS na cabine.

Em contato com a empresa responsável pelo rastreamento do sinal do veículo, esta confirmou que a carreta estava em possível ocorrência de roubo. Na manhã de segunda-feira (7), o proprietário do caminhão entrou em contato com a PRF e relatou aos policiais que seu motorista foi vítima de assalto perto da cidade de Passo Fundo e que ele foi colocado dentro de um automóvel e levado até a cidade de Capela Santana, onde foi deixado às margens da rodovia. O veículo e a carga foram recolhidos e encaminhados à área judiciária local.

Com a proximidade da semeadura da nova safra as apreensões deste tipo cresceram pelo Brasil. No dia 28 de agosto a PRF apreendeu meia tonelada de agrotóxicos falsificados e não resgitrados do Brasil, com origem do Uruguai, em Santa Maria (RS). Outra ação em Nova Mutum (MT) também apreendeu um caminhão carregado com cerca de 37 toneladas de fertilizantes adulterados.

As fraudes em sementes também são comuns. Em Campo Verde (MT) fiscais encontraram 78 lotes de sementes de soja irregulares de um mesmo cultivar em auditoria. As 2.337 toneladas de sementes foram produzidas e beneficiadas em áreas não registradas no Ministério da Agricultura. Uma ação integrada apreendeu mais de 450 toneladas de sementes de soja com suspeita de pirataria no Rio Grande do Sul.  Na cidade de Paraíso do Tocantins (TO) foi apreendida uma carga de 20 toneladas de sementes da forrageira capim-andropogon e mais 5 mil embalagens brancas sem rotulagem. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink