Criadores confirmam qualidade dos animais na Expogrande

Agronegócio

Criadores confirmam qualidade dos animais na Expogrande

Criadores destacaram a qualidade dos animais expostos, fator que deixou a grande final dos julgamentos surpreendente
Por:
71 acessos
A Expogrande confirmou a tradição que lhe garante destaque no cenário nacional das feiras agropecuárias do Brasil. Criadores destacaram a qualidade dos animais expostos, fator que deixou a grande final dos julgamentos surpreendente.

Vencedor de vários prêmios conquistados em outras edições da Expogrande, o grupo Goya trouxe para a feira 17 animais da propriedade de Bela Vista, que concorreram a prêmios em todas as categorias. Segundo o diretor administrativo do grupo, João da Goya, as grandes atrações do julgamento foram as progênies de mãe oriundas da melhor fêmea do Brasil na raça Nelore. Trata-se de Fábula da Goya, o único animal tricampeão nacional e internacional na feira de Uberaba (MG).


Ele afirma que o rebanho tem mais de cem anos de seleção e atribui ao melhoramento genético os bons resultados alcançados. "O nosso rebanho está bem definido, no ápice da forma, desenvolvimento e potencial genético. O trabalho de genética é uma busca incessante, a cada dia você quer mais perfeição. Esse seria o segredo da verdadeira pecuária de corte. No melhoramento genético os filhos têm que ser superiores aos pais e assim vem acontecendo no nosso rebanho", destaca.

Satisfeito com o resultado do julgamento, Guilherme Bumlai expôs na feira 20 animais e também acredita que a qualidade genética tenha sido o diferencial para a conquista dos prêmios.

Há três anos Paulo Antônio Serra da Cruz decidiu criar nelore em Campo Grande e já colhe os frutos: levou o prêmio de melhor expositor Nelore Padrão em 2007. Para ele, a raça Nelore está bastante adaptada ao clima e à região, portanto, obtém bons resultados na criação. Cruz destaca o alto nível da feira: "A pista está bastante pesada. Superou as expectativas", conclui.


O criador Rubens Catenacci, de Figueirão, ressalta que a maioria dos animais expostos na feira é de Mato Grosso do Sul e enfatiza a qualidade do gado. "Isso é uma prova de que estamos no caminho certo, com muita qualidade".
Para o expositor Carlos Eduardo Naegele, a Expogrande "tradicionalmente revela campeões e o futuro dos criadores". Ele explica que muitas vezes são premiados animais consagrados e que às vezes os desconhecidos passam a ocupar posições de destaque no ranking. Naegele acrescenta ainda que os leilões são termômetros de mercado enquanto as pistas de julgamento podem indicar bons caminhos para a raça.

O presidente da Nelore MS, Aluízio Lessa Coelho, destaca que a Expogrande é uma das principais vitrines de mostra do trabalho genético que a pecuária tem feito. Segundo Lessa, a raça "está muito bem representada com mais de 400 exemplares disputando as pistas com muita qualidade". Ele completa ainda que os leilões superaram todas as expectativas em qualidade e preço.


Já o produtor de Cassilândia, Ari Braz Dias, trouxe 15 animais e acredita que a exposição poderá dar visibilidade ao gado. "Decidi participar mesmo para garantir presença e pensando na comercialização", revela Dias. Ele ressalta que os animais expostos na Expogrande são de grande qualidade, assim como a feira. Para Dias, a Expogrande é bastante organizada e consegue reunir e incentivar os grandes criadores.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink