Cultivares com genética GDM obtém máxima produtividade
CI
Imagem: Marcel Oliveira
CONCURSO CESB

Cultivares com genética GDM obtém máxima produtividade

GDM alcançou uma marca histórica no Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja
Por:

A GDM alcançou uma marca histórica no Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja, um dos mais importantes concursos agrícolas do Brasil. Cultivares com genética GDM obtiveram máxima produtividade em todas as categorias e estados participantes do desafio que é promovido pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB). A notícia foi divulgada nesta terça-feira, dia 14, durante o Fórum Nacional de Máxima Produtividade, transmitido ao vivo pelo Canal Rural.

Dos 14 estados produtores de soja outorgados pelo CESB para participar do concurso, as cultivares da Brasmax, marca de produto da GDM, foram campeãs em 13. O grupo também obteve a máxima produtividade em todas as regiões e na categoria nacional áreas sequeiro e irrigado. Para Cesar Poletto, Líder de Negócios da GDM Brasil, a estratégia do grupo está fundamentada em conhecer e atender às necessidades dos produtores de todas as regiões do país. “A crescente participação da GDM no mercado de soja brasileiro, é resultado não só dos investimentos em variedades de ampla adaptação e alto potencial produtivo, mas do compromisso em oferecer sempre cultivares superiores”, ressalta. 

Por mais um ano, a variedade Brasmax Zeus IPRO foi campeã na categoria nacional com produtividade de 118,8 sacas por hectare, em área sequeiro, na cidade de Mangueirinha/PR. O mesmo resultado é válido para o primeiro lugar da categoria Região Sul. A cultivar também obteve primeira colocação na categoria nacional irrigado, apresentando produtividade de 111,9 sacas por hectare, na cidade de Boa Vista das Missões/RS. O destaque das categorias Sudeste e Centro-Oeste foi a variedade Brasmax Desafio RR, que apresentou ótimos resultados, sendo a vencedora em ambas regiões com produtividades de 118,6 sacas por hectare, área sequeiro, em Patrocínio/MG, e 103,1 sacas por hectare, também em área sequeiro, na cidade de Campos de Julio/MT. Brasmax Bônus IPRO foi a campeã das regiões Norte e Nordeste, apresentando elevada produtividade - 101,7 sacas por hectare em área sequeiro - na cidade de Baixa Grande do Ribeiro/PI.

A satisfação em ganhar concursos como o do CESB confirma o compromisso que a Brasmax tem com produtor brasileiro, segundo Kleber Santos, Gerente da marca Brasmax. “É extremamente gratificante poder ver as cultivares Brasmax levando os agricultores a produzirem mais. Pela primeira vez, um obtentor tem suas cultivares premiadas em todas as categorias e quase todos os estados. Isso, sem dúvida, é motivo de muito orgulho não só para a Brasmax, mas para todos que trabalham na GDM”, destaca.

A GDM tem o foco voltado para o desenvolvimento de variedades de alto potencial produtivo. Recentemente, o grupo expandiu os investimentos na parte digital e nas instalações em diversas unidades em todo Brasil, para ampliar o portfólio de produtos e oferecer cultivares adaptadas às diversas necessidades dos produtores. “Todas as aplicações do grupo direcionadas à pesquisa, somada ao trabalho das equipes, têm gerado bons resultados e trazendo altas produtividades ao agricultor brasileiro”, comenta Nizio Giasson, Gerente de Pesquisa Soja da GDM Brasil. 

GDM é um grupo global que aplica tecnologia de ponta para a pesquisa, desenvolvimento e comercialização de cultivares de soja de máximo rendimento e outras culturas extensivas. A GDM tem, aproximadamente, 750 funcionários, presença em mais de 15 países, além de 576 estações de testes no mundo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink