Cultivo da nova safra de arroz tem início com preços menores que em 2018

ARROZ

Cultivo da nova safra de arroz tem início com preços menores que em 2018

Pontualmente, agricultores ofertam mais arroz para “fazer caixa”, para cumprir com as despesas do início do cultivo da nova safra 2019/20
Por:
306 acessos

Pesquisas do Cepea apontam que os preços de arroz em casca subiram em agosto, recuperando parte das perdas registradas em julho, devido ao maior interesse comprador e à restrição vendedora. Entretanto, a nova safra começa com valores menores que os registrados no mesmo período de 2018. O fato é que, apesar da pouca disponibilidade – mesmo com importações recordes –, o baixo consumo interno e a queda nas exportações acabam prevalecendo e nem mesmo os menores estoques de passagem esperados para o início de 2019 estão conseguindo sustentar os valores.

Produtores consultados pelo Cepea optam em negociar outros produtos, restringindo o interesse pela venda do arroz em casca. Pontualmente, agricultores ofertam mais arroz para “fazer caixa”, para cumprir com as despesas do início do cultivo da nova safra 2019/20.

Além disso, vendedores consultados pelo Cepea também se retraíram, devido à aprovação pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) de prorrogação das parcelas das operações de crédito rural de custeio da cultura do arroz. De 27 de agosto a 3 de setembro, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, apresentou leve alta de 0,2%, fechando a R$ 44,93/sc de 50 kg na terça-feira, 3.

Em agosto, o aumento foi de 4,4% e na parcial do ano (janeiro a agosto), de 11,5% A média mensal do Indicador, de R$ 43,75/sc, ficou apenas 1,6% acima da média de julho/19, porém, está 5,5% menor que a média de agosto/18 (dados atualizados pelo IGP-DI de julho/19). 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink