Curso de Arte Floral aquece mercado em Brasília
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,156 (0,78%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)


Agronegócio

Curso de Arte Floral aquece mercado em Brasília

Sebrae no Distrito Federal apoia aulas de arranjos para leigos e profissionais
Por:
991 acessos

Lírios, orquídeas, copos-de-leite e outras flores e plantas ornamentais estão na pauta do Curso de Arte Floral, iniciado na quarta-feira (22), na Transplantas, em Vicente Pires (DF). As aulas têm apoio do Sebrae no Distrito Federal e ensinam a montagem de diversos arranjos. Não é necessário ser florista para participar. A ideia é incentivar o consumo e a produção dos enfeites florais, assim como mostrar novas tendências para quem já é do ramo ou deseja se inserir nele.

O setor de flores está em constante crescimento no Distrito Federal, mas, segundo o presidente do Sindicato de Flores e Plantas, Açougue e Peixaria, Hortifruti Granjeiro e Mini Mercados do DF (Sindigêneros), Joaquim Pereira dos Santos, a área enfrenta o problema da falta de mão de obra qualificada. “Esperamos que as aulas ajudem a diminuir as carências das empresas”, afirma ele.

Há 21 anos trabalhando com flores e plantas, Joaquim Pereira é um dos professores do curso. Ele explica que o cronograma foi elaborado com base no que é mais procurado pelos clientes e o que deve ser moda nos próximos meses. “Preparamos a montagem de uma série de arranjos decorativos e buquês para presentes e para noivas”, comenta o presidente do Sindigêneros.

Mais conhecimento

O auxilio do Sebrae às aulas faz parte de uma série de ações do projeto de flores e plantas ornamentais da instituição. “Nossa missão é fomentar o crescimento das micro e pequenas empresas do setor e incentivar a formalização de novos negócios”, explica a gestora do programa no Sebrae no Distrito Federal, Rafaela da Mota.

Maria Eunice Pereira pode ser uma futura empresária. Após aposentar-se, viu no mundo das flores uma oportunidade de se manter ativa. “Comecei a trabalhar com plantas desde 2007. Por enquanto, faço arranjos apenas por hobby, mas já vendi alguns para pessoas próximas. Acredito que o curso vai me ajudar a ter mais conhecimento e, quem sabe, não posso abrir minha própria empresa de flores”, contou Maria Eunice.

A paixão pelas flores não tem idade. Longe da aposentadoria, a universitária Patrícia Valero também integra a turma do curso de Arte Floral. “Vim apenas por curiosidade. Já tentei fazer alguns arranjos em casa, mas não tenho técnica ainda. Estou ansiosa para aprender como são montados os buquês”, disse Patrícia.

Em busca do aperfeiçoamento, a colaboradora da Fascinação Flores Francisca Lusilândia espera melhorar sua prática nos arranjos decorativos. “Estou há um ano na floricultura e quero me reciclar, aprender mais. Meu chefe foi a pessoa que mais me incentivou a assistir as aulas”, enfatiza Francisca.

Para o dono da Transplantas, Leonardo Tinen, o apoio do Sebrae para realização do curso é extremamente relevante ao setor. “Precisamos de qualificação, cursos de atendimento e paisagismo para ajudar no desenvolvimento das atividades dos floristas”, conclui Leonardo.

Quem tiver interesse em obter mais informações sobre o projeto de flores e plantas ornamentais do Sebrae no Distrito Federal pode entrar em contato pelo telefone 0800 570 0800 ou acessar o site da instituição: www.df.sebrae.com.br.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink