Curso Técnico em Agronegócio do SENAR-RS retoma aulas do segundo semestre com novas turmas

Agronegócio

Curso Técnico em Agronegócio do SENAR-RS retoma aulas do segundo semestre com novas turmas

Além dos encontros presenciais em Cruz Alta, os alunos também fazem visitas técnicas a propriedades rurais e agroindústrias
Por:
379 acessos

Além dos encontros presenciais em Cruz Alta, os alunos também fazem visitas técnicas a propriedades rurais e agroindústrias

As aulas do segundo semestre do Curso Técnico em Agronegócio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-RS) serão retomadas neste sábado, 13/8. Criado através de uma parceria entre o SENAR-RS e a Rede e-Tec Brasil, o curso tem formato semipresencial e os encontros acontecem no Polo Educacional de Cruz Alta. Além das duas turmas que dão continuidade ao curso, mais 80 alunos em duas novas turmas iniciam os estudos.

Das 1.230 horas/aula do curso, 80% são realizadas na modalidade EaD. Além dos encontros presenciais em Cruz Alta, os alunos também fazem visitas técnicas a propriedades rurais e agroindústrias. O Curso Técnico em Agronegócio tem duração total de dois anos e é apoiado pelo Sindicato Rural do Município, onde se localiza a estrutura de 450 m², entre salas de aula, sala de informática e auditório, que recebe os encontros presenciais.

Sobre o Curso Técnico em Agronegócio

Trata-se do primeiro curso técnico de nível médio realizado pelo SENAR-RS regulamentado pelo Ministério da Educação (MEC), focado especificamente no público jovem. Também é o primeiro curso técnico de nível médio na modalidade à distância (EAD), com parte da carga horária presencial em polo de apoio.

O programa é dividido em quatro semestres e tem como foco a gestão da propriedade rural. As aulas são realizadas à distância e por tutores presenciais, que fazem parte do corpo de instrutores do próprio SENAR.

Além do Rio Grande do Sul, o Curso Técnico em Agronegócio também é ofertado nos estados do Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe, Tocantins e Distrito Federal.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink