Decisão sobre painel do algodão foi adiada na OMC
CI
Agronegócio

Decisão sobre painel do algodão foi adiada na OMC

Por:

Uma das mais esperadas decisões no comércio agrícola internacional foi adiada pela Organização Mundial de Comércio (OMC). Trata-se do resultado preliminar da disputa do algodão entre o Brasil e os Estados Unidos, que pode ter grande impacto nas negociações agrícolas.

A decisão era para sair no próximo dia 08, mas foi empurrada para o dia 26 diante da complexidade do caso. E o que os juízes decidirem será entregue de maneira confidencial apenas aos dois beligerantes. Os americanos insistem em guardar segredo, contrariando sua retórica de transparência, o que é visto como um sinal de que temem uma derrota.

O painel do algodão examina queixa apresentada por Brasil e Tailândia de que os Estados Unidos deram US$ 12,9 bilhões em subsídios domésticos e à exportação de 1999 a 2002, rompendo a cláusula de paz - espécie de segurança jurídica que foi negociada na Rodada Uruguai (1986-1994 - para atender políticas agrícolas protecionistas.

Os panelistas examinam a vinculação entre os acordos agrícola e de subsídios e as condições de aplicação da cláusula de paz, e a disputa trará à tona o grau de dificuldade para um país demonstrar os efeitos adversos de "subsídios acionáveis", entre outras questões.

Se o Brasil sair vencedor, já conseguirá derrubar boa parte das dificuldades na atual negociação agrícola. Os Estados Unidos deixaram de dar varias informações aos juízes do painel, alegando que eram confidenciais.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink