Decreto do ICMS no RS vai prejudicar agroindústrias

Agronegócio

Decreto do ICMS no RS vai prejudicar agroindústrias

Por: -Admin
1 acessos

O Decreto 43.532, editado pelo governo do Rio Grande do Sul no último dia 30 de dezembro, provocou uma onda de reações nas empresas exportadoras do Estado. A indignação do empresariado foi motivada pelas novas regras

que dispõem sobre a apropriação dos créditos presumidos, materializadas na alteração Nº 1836.

Nesta quinta-feira (13-01), o presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembléia Legislativa, deputado Jerônimo Goergen (PP), advertiu que a medida trará graves prejuízos para os setores produtivos. O parlamentar alerta que as agroindústrias regionais também serão atingidas, mesmo aquelas que atuam somente no mercado interno. "Haverá um desequilíbrio tributário perverso para as indústrias que operam o complexo do agronegócio, gerando uma séria perda de competitividade", prevê.

Na avaliação de Jerônimo, o Executivo precisa reavaliar o decreto e ouvir os argumentos do empresariado. O deputado lembra que a proposta acabou sendo excluída do pacote de aumento do ICMS após longa negociação. "Ao não cumpriu o acordo, o governo causou um grande desconforto. No afã de evitar perda de arrecadação, acabará trazendo reflexos extremamente negativos para a nossa economia primária", critica o deputado.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink