Defesa Civil alerta para chuva forte em quatro regiões do País
CI
Agronegócio

Defesa Civil alerta para chuva forte em quatro regiões do País

A Defesa Civil alerta para chuva forte nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e quatro estados da região Norte
Por:

A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, enviou, nesta sexta-feira (26-01), alerta para chuva forte às defesas civis dos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e para os estados do Tocantins, Acre, Rondônia e Amazonas.

Na região Sul, há risco de temporal, hoje (26-01), principalmente no centro, norte e leste do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Neste sábado (27-01), a chuva permanecerá no nordeste gaúcho e do planalto ao litoral de Santa Catarina. Até domingo (28-01), haverá risco de temporal no Paraná, principalmente no centro, norte e leste do estado.

No Sudeste, as áreas de instabilidade sobre a região provocarão chuvas intensas, no final de semana (27 e 28-01), no Espírito Santo. Até segunda-feira (29-01), a chuva permanecerá em São Paulo; no Rio de Janeiro, especialmente na região Serrana; em boa parte de Minas Gerais, incluindo Triângulo Mineiro, Alto São Francisco, Metalúrgicas/Campos das Vertentes, oeste e sul do estado.

No Centro-Oeste, a chuva atingirá, entre hoje e domingo (26 a 28-01), o Mato Grosso do Sul. Até segunda-feira (29/01), a chuva permanecerá no Distrito Federal, Mato Grosso e Goiás.

No Norte, a chuva atingirá, hoje (26-01), o Acre e Tocantins. Até amanhã (27-01), a chuva permanecerá em Rondônia e no Amazonas, especialmente no centro e sul do estado.

A Sedec informa que, em alguns momentos a chuva poderá vir acompanhada de descargas elétricas no Acre e em Tocantins. Além de descargas elétricas, a chuva poderá vir acompanhada de rajadas de vento de até 50 km/hora em Rondônia e Amazonas; de até 60 km/hora em São Paulo, Mato Grosso, Distrito Federal, Goiás, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais; e de até 70 km/hora no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Portanto, a Sedec orienta a população a evitar áreas de alagamento e locais com pouca ou nenhuma proteção contra raios e ventos fortes. Alerta-se, também, para o risco de deslizamento de encostas, morros e barreiras.

A Sedec recomenda atenção especial e redobrada nas áreas de encostas e morros dos estados da região Sudeste, pois devido as freqüentes chuvas o solo está bastante encharcado, o que aumenta o risco de deslizamento.

O objetivo da Sedec com a divulgação de alertas é evitar a perda de vidas, danos ao patrimônio e ao meio ambiente e estimular a população, governos e municípios a adotarem medidas preventivas. Informações do Centro de Previsão de Tempo (Cptec) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) serviram de base para os alertas enviados ao Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Amazonas, Rondônia, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás.Os estados do Acre e de Tocantins tiveram seus alertas baseados em informações do Cptec. Já o estado do Espírito Santo teve seu alerta baseado em informações do Inmet.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink