Delegação chinesa busca parceria para produção de blueberry e açaí
CI
Agronegócio

Delegação chinesa busca parceria para produção de blueberry e açaí

A importância da pesca nos dois países também foi abordada
Por:
Na última sexta-feira (06), o superintendente federal da Agricultura do Rio de Janeiro, Pedro Cabral, recebeu uma delegação chinesa composta de empresários, pesquisadores e políticos da cidade de Dalian e ouviu propostas de parcerias entre China e Brasil.


Dentre os assuntos mais comentados está o interesse de importação das frutas blueberry e açaí. Segundo os representantes da Dalian Municipal Science and Tecnology Bureau, essas espécies, além de ricas em nutrientes também sofreram aumentos significativos no consumo entre os chineses. A blueberry é importada, quase que exclusivamente de três empresas que ocupam 30 mil hectares do território do Chile. O interesse em importar do Brasil é oriundo de pesquisas da Universidade de Dalian, relatadas durante o encontro, que constataram que a região sul oferece, além de características climáticas ideais, maior espaço territorial para o crescimento da produção desta cultura.

A delegação também apresentou possibilidades de parcerias entre Brasil e China para o avanço tecnológico de produção de açaí no Pará. Na ocasião, foi elogiado o papel da Embrapa no desenvolvimento da agricultura do Brasil. “Dalian é uma cidade de frutas, o Brasil é um país de frutas. Temos interesse de aprendizado no cultivo” disse o presidente da Dalian City Academy of Agriculture Sciences, Weidong Zhang.


A importância da pesca nos dois países também foi abordada como alternativa para expansão das exportações. A presidente da empresa Dalian Shufen Xu, colocou-se à disposição para discutir questões de interesse bilateral. O tema final tratou de novas tecnologias para o meio ambiente, visando utilização de lixo na transformação em energia.

No encerramento do encontro, a delegação chinesa entregou ao superintendente o convite para participar da Feira Internacional Chinesa de Patentes que ocorrerá em setembro. “O Brasil encontra-se num período de avanço na agricultura, seja ele interno, de importação ou exportação. Todos os assuntos abordados aqui serão encaminhados aos órgãos responsáveis específicos de cada área”, salientou o superintendente da SFA-RJ, Pedro Cabral.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink