Demanda por carne bovina segue enfraquecida
CI
Imagem: Pixabay
BOI

Demanda por carne bovina segue enfraquecida

Diante da inflação elevada, grande parte da população brasileira apresenta restrição orçamentária
Por:

 A demanda doméstica por carne bovina segue enfraquecida. Segundo pesquisadores do Cepea, diante da inflação elevada, grande parte da população brasileira apresenta restrição orçamentária. Assim, muitos consumidores passam a procurar proteínas com valores mais competitivos, como as carnes suína e de frango e ovos, em detrimento do produto bovino.

Dados do Cepea mostram que, quando comparadas as médias de junho e de julho (até o dia 19), observa-se valorização de 1,73% para a carcaça casada bovina negociada no atacado da Grande São Paulo, a R$ 20,90/kg neste mês. E a maior demanda pelas concorrentes é evidenciada pelo movimento de alta um pouco mais intenso que é registrado para as carnes suína e de frango – também comercializadas no atacado da Grande São Paulo –, que apresentam valorizações de 5,04% e de 5,57%, respectivamente. Em julho, a carcaça especial suína é negociada à média de R$ 9,85/kg, e o frango resfriado, de R$ 8,15/kg. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.