Deputados gaúchos apóiam o novo Código Florestal

Agronegócio

Deputados gaúchos apóiam o novo Código Florestal

Abaixo-assinado foi entregue nesta ao presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS)
Por: -Marianna
1099 acessos
Um abaixo-assinado endossado por 30 parlamentares estaduais foi entregue nesta quarta-feira (23) ao presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e ao relator do projeto de lei, Aldo Rebelo (PCdoB-SP)

Nesta quarta-feira (23), em Brasília, o deputado estadual Heitor Schuch (PSB-RS) entregou um abaixo-assinado favorável às alterações no Código Florestal endossado por 30 deputados gaúchos. O documento foi encaminhado ao presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), e repassado ao presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Giovani Cherini (PDT-RS), durante audiência pública. “Será necessário muito esforço para alcançar um consenso. Nesse sentido, as ações das bancadas estaduais representam um grande reforço”, comentou o relator do texto substitutivo ao Projeto de Lei 1876/99, deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP), que também recebeu o manifesto.


Paralelamente a este ato, está em formação, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, uma Frente Parlamentar de apoio à proposta de Rebelo. “A mobilização é, principalmente, pela agricultura familiar. As mudanças asseguram a preservação ambiental sem inviabilizar a produção de alimentos, no Estado e no Brasil. Em nossa avaliação, o projeto contempla isso”, afirma Heitor Schuch.


Segundo o deputado, com exceção do PT, que não fechou posição sobre o tema, todos os partidos da Assembleia do RS aprovam o relatório e devem participar da Frente Parlamentar. “A intenção é entregar o registro de implantação nos próximos dias ao presidente da Casa”, destacou.


O abaixo-assinado que está em Brasília é organizado pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag/RS). O objetivo é reunir mais de 120 mil adesões no Estado, para garantir a aprovação da matéria. A entidade apoia a aprovação do texto sobre o novo Código Florestal, com as emendas sugeridas pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).


As informações são de assessoria de imprensa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink