Desempenho do ovo em março de 2013

Agronegócio

Desempenho do ovo em março de 2013

Ovo atravessa Quaresma com absoluta estabilidade de mercado
Por:
1005 acessos
Pode não ser inédito, mas com certeza é raro o fato de o ovo atravessar todo o período de Quaresma com absoluta estabilidade de mercado e sem qualquer alteração nos preços praticados. 

Pois em 2013 foi assim: as altas invariavelmente ocorridas nesse período religioso desta vez não ocorreram e, com isso, o ovo encerrou março de 2013 com a mesma cotação alcançada cerca de 50 dias antes, ou seja, ainda no período pré-Quaresma, em pleno sábado de Carnaval.

Mesmo assim, nada a lamentar: o período de estabilidade foi iniciado em um ponto favorável ao produtor e se manteve enquanto os custos de produção sofriam redução. O resultado é o melhor preço nominal de todos os tempos, com valorizações de 2,90% e 36,53% sobre, respectivamente, o mês anterior e o mesmo mês do ano passado. 

Comparativamente à média alcançada em dezembro (a melhor de 2012) o incremento no ano está em 18,4%.

Procurando analisar esse desempenho, observadores do setor questionam a realidade do alojamento de pintainhas de postura em 2012, que aumentou quase 8% no ano passado. Ou seja: foi um crescimento que deveria gerar problemas no setor, pois o consumo não evoluiu na mesma proporção. Porém, ao contrário do esperado, a oferta se mantém ajustada. O que ocorreu?

Sem entrar no mérito da questão (mas concordando que, efetivamente, o comportamento foi oposto ao observado na cadeia do frango, que reduziu compulsoriamente seus alojamentos), uma das realidades vislumbradas é a de que o setor produtivo percebeu que não adianta gastar ração cara com poedeiras improdutivas. Com isso, os descartes têm sido realizados no tempo certo, impedindo aumentos indesejados na produção de ovos.

Mesmo assim, não se considere que os preços alcançados pelo setor venham sendo excepcionais: eles apenas acompanham a média histórica, com um ganho muito pequeno. 

Assim, por exemplo, enquanto pela média histórica (10 anos transcorridos entre 2003 e 2012) o ovo alcança em março valor 13% superior ao de dezembro do ano anterior, neste ano março foi fechado com um ganho de 18% sobre dezembro de 2012 – apenas cinco pontos percentuais acima da média histórica.

O preocupante, agora, é que a média histórica também aponta, para o mês de abril, queda de preços em relação a março. O setor vai precisar agir com rigor para evitar o que parece ser uma praxe.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink