Desenvolvido primeiro pulverizador costal eletrostático

INOVAÇÃO

Desenvolvido primeiro pulverizador costal eletrostático

Pode ser utilizado em qualquer aparelho costal comum
Por: -Leonardo Gottems
1133 acessos

Os cientistas da Embrapa Meio Ambiente de São Paulo, em parceria com a empresa Magnojet, criaram o primeiro pulverizador eletrostático que pode ser levado nas costas. O equipamento foi projetado para atuar na maioria das culturas de pequeno porte, sendo indicado para aplicações de tratamento fitossanitário, como inseticidas, fungicidas e acaricidas. 

Ele foi desenvolvido a partir de um assessório de eletrificação de gotas e pode ser utilizado em qualquer aparelho costal comum, sendo acessível para pequenos agricultores. Nesse sentido, Aldemir Chaim, pesquisador da Embrapa, salienta que a tecnologia pode gerar uma economia ao produtor e ainda diminuir a exposição do meio ambiente à produtos químicos. “São tecnologias capazes de modernizar e baratear os tratos culturais em nossas culturas e elevar o nível de controle de pragas e doenças, com expressiva redução do uso de produtos químicos nas lavouras. Essas são opções de equipamentos que os produtores já demandavam e que agora poderão encontrar no mercado”, comenta.  

Além do sistema eletrostático, a Embrapa, em parceria com a FM Copling, criou outro equipamento da mesma área voltado para as culturas arbóreas. Com esse novo sistema, pulverizadores turbinados poderão fazer a aplicação eletrostática de defensivos em cafezais e pomares, por exemplo. Chain cita a possibilidade de os dois sistemas profissionalizarem a agricultura familiar, aumentando a efetividade em 10% se comparando aos equipamentos convencionais. Esse é o setor que coloca a maioria dos alimentos na mesa dos brasileiros e esse equipamento vai contribuir para a democratização de uma tecnologia de pulverização de ponta, capaz de gerar resultados, agregar economia de tempo, recurso e insumos, além de maior segurança nas operações”, afirma.

As empresas já estão desenvolvendo os dois modelos para venda e pretendem iniciar a comercialização dos mesmos ainda esse ano. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink