Dia de campo da Embrapa apresenta os animais do passado e do futuro

Agronegócio

Dia de campo da Embrapa apresenta os animais do passado e do futuro

evento é voltado a estudantes, professores, produtores rurais, jornalistas, educadores e outros profissionais que atuam como divulgadores de ciência
Por:
1360 acessos
Passado e presente unidos em prol da pecuária brasileira. Venha conhecer as raças seculares conservadas pela Embrapa e os modernos clones bovinos

A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, uma das 45 unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa promove, no dia 26 de novembro, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas, no Campo Experimental Sucupira, o dia de campo: “Biotécnicas para reprodução e conservação animal”, que vai apresentar para o público do Distrito Federal, especialmente estudantes, as pesquisas desenvolvidas pela Embrapa na área animal, incluindo os clones e as raças de animais domésticos de interesse zootécnico ameaçadas de extinção. O evento encerra as comemorações pelo 36º aniversário da Unidade.

A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia promove o dia de campo todos os anos com o objetivo de popularizar a ciência e torná-la mais próxima do dia-a-dia da sociedade brasileira. O evento é voltado a estudantes, professores, produtores rurais, jornalistas, educadores e outros profissionais que atuam como divulgadores de ciência. É gratuito e dividido em várias estações, nas quais o público conhecerá os animais ao vivo, além de visitar laboratórios onde são desenvolvidas as modernas pesquisas de reprodução animal, que incluem: transferência de embriões, fecundação in vitro e clonagem animal, entre outras.

Clones bovinos e suas famílias estarão entre os destaques do evento.

Entre as atrações do evento, estarão os três clones bovinos desenvolvidos pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia e suas respectivas crias. Será uma oportunidade imperdível para o público conhecer ao vivo e a cores o primeiro animal clonado da América Latina, a fêmea bovina da raça Simental “Vitória da Embrapa”; a vaca da raça Holandesa “Lenda”, outro clone, nascida em 2003, que carrega o importante predicado de ter sido o primeiro animal clonado no Brasil a partir de células ovarianas de um animal morto, e também o clone mais recente: “Porã”, nascida em 2005, que foi desenvolvida a partir de uma doadora da raça bovina Junqueira, que se encontra em alto risco de extinção no Brasil.

Quem participar do dia de campo, vai conhecer ainda as potras “Branca” e “Neve”, que também marcaram um resultado inédito no país: foram as primeiras nascidas pela técnica de bipartição de embriões com eqüinos.

Arca de Noé moderna

Outro destaque ficará por conta dos animais que fazem parte do banco genético animal da Embrapa conhecido como “Arca de Noé”. São raças de bovinos, eqüinos, caprinos, suínos, ovinos e asininos que compõem o Programa de Conservação e Uso de Recursos Genéticos Animais da Embrapa. O motivo que levou a Embrapa a conservá-las é o fato de serem verdadeiros tesouros genéticos, pois guardam características adquiridas ao longo dos séculos que podem ser muito importantes para programas de melhoramento genético a partir do cruzamento com outras raças mais produtivas.

“O dia de campo será uma experiência inesquecível para os estudantes e uma oportunidade muito importante para a Embrapa divulgar as suas tecnologias no campo da pecuária científica para o público infanto-juvenil e para a sociedade de forma geral. É mais uma chance de a Empresa consolidar uma de suas prioridades: a popularização da ciência”, explica Ricardo Figueiredo, pesquisador da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.

O Campo Experimental Sucupira fica na EPTG Taguatinga-Gama Km 05 Riacho Fundo. A marcação de visitas pode ser feita com Polliana Martins, pelo telefone: (61) 3448-4770 ou pelo e-mail: polliana@cenargen.embrapa.br

Mais informações no endereço: http://www.cenargen.embrapa.br/cenargenda/eventos2010/1110_diaCampoAniversario.html
 
As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink